Monday, August 09, 2010

Gostei deste livro!
*
É uma história pessoal e verídica e uma provação de dimensões épicas...
*
Muitos termos técnicos e algumas tradições e superstições relacionadas com o mar, a darem uma amostragem de um meio muito específico, mas sempre mantendo a leitura acessível e cativante.

Fica na memória o registo exemplar -mas sem chegar a ser opressivo, de uma experiência esmagadora de um homem abandonado a uma tempestade em alto mar, onde é levado para além de todos os limites de resistencia física e psicológica e se socorre de alguns truques para manter a esperança de vida.

*
"Ser convidado para participar no Fastnet Race a bordo do Grimalkin foi um sonho que se tornou realidade para Nick Ward. Mas esse sonho transformou-se num pesadelo quando, no meio de vagas colossais e ventos impiedosos, o Grimalkin se virou. O mastro partiu-se, o skipper desapareceu e, após horas de uma luta esgotante, três elementos da tripulação abandonaram o barco na jangada salva-vidas. Nick e o companheiro Gerry, ambos feridos e inconscientes, foram deixados no iate destroçado no meio do mar da Irlanda. Ambos foram dados como mortos. Gerry morreu, efectivamente, algumas horas depois, e Nick teve de enfrentar sozinho a tempestade.
*
Entrevista com o autor.

No comments:

Post a comment