Sunday, August 31, 2008

Por outro lado...

A chanceler alemã Angela Merkel foi considerada pelo terceiro ano consecutivo, a mulher mais poderosa do mundo pela revista Forbes. É uma posição de respeito numa lista que reúne 100 mulheres 23 das quais chefes de Estado ou de governo. e 54 responsáveis de empresas
[...]
Logo atrás de Merkel está Sheila Bair, presidente de Federal Deposit Insurance Corporation norte americana, seguida de Indra K Nooyi, Presidente da PepsiCo.
A única governante americana no top 10, na sétima posição, é a secretária de estado norte-americana Condoleezza Rice, que perdeu tres pontos desde o ano passado. A seadora Hillary Clinton tambem surge em queda. Um terço da lista contem caras novas, como a presidente argentina Cristina Fernandéz
[...]
No total estas 100 mulheres controlam os destinos de 17,6 mil milhões de euros.
(Pessoas - Público de 29/8/08)
*
*
*
Dei comigo a pensar como actualmente poder e aspecto financeiros estão firmemente ligados...
*

Actualidades - à margem da vida


Escreve Laurinda Alves:
*
Li com atencão, perplexidade e nojo as páginas do Público de terca-feira passada sobre as 31 mulheres assassinadas este ano pelos namorados, maridos e amantes. O enunciado é difícil de acompanhar mas não é por todas as vítimas serem muheres ou crianças. É pela violencia da coisa própriamente dita. Podiam ser homens, velhos ou novos, que a repugnancia era igual. Não se trata de uma reacção feminista, quero dizer. Trata-se de uma consciencia profunda de que há quem morra porque teve o azar de casar ou dormir com o inimigo.
[...]
A exposição de uma sucessão de casos dramáticos tem a virtude de mostrar um filme mais completo e mais próximo de uma realidade muito dura de aceitar. Há demasiados homens que maltratam e matam as mulheres com quem estão ou estiveram envolvidos e há muitos que o fazem na presença do próprios filhos. Alguns destes homens suicidam-se no mesmo dia, logo a seguir, mas isso não acrescenta nada a não ser impotencia e raiva
[...]
Artemisa Coimbra, do Observatório das Mulheres Assassinadas, investigadora e autora de uma tese de mestrado sobre violencia domestica, foi longamente citada pelo Público no dia em que saiu o artigo que falo e destacou duas ou tres coisas que merecem ser sublinhadas. Destaco acima de tudo a "invisibilidade" destas mulheres, que são maltratadas ou ameacadas durante anos a fio e finalmente mortas. Nunca se fala das histórias destas mulheres, das suas aspirações e medos, das suas fragilidades e forças. No dia em que são assassinadas relatam-se os factos, enumeram-se os filhos e descrevem-se as circunstancias do crime mas raramente se gastam tres linhas a dizer quem eram e como eram estas mulheres. É estranho. Mesmo depois de mortas acontece-lhes o mesmo que em vida: não tem existencia própria.
Já os homens que as humilham e matam esses tem todos identidade e quase sempre o direito a uma personalidade. Estranho, insisto.
Porque será que estas mulheres são tratadas em vida e na morte como não existentes?
[...]
O enunciado desta semana remeteu-me fatalmente para a história de dois irmão, "filhos de família" no sentido mais convencional da expressão que conheci nos tempos de liceu e tinham aparentemente uma vida normal, equilibrada e feliz até ao dia em que o pai foi acordá-los ao quarto para terem todos uma conversa na sala. Os dois irmão vieram ensonados para a sala onde estava a mãe e o pai e mesmo antes de fazerem qualquer pergunta o pai declarou que ia matar a mãe e queria que eles vissem. E matou e eles viram. O pai suicidou-se anos mais tarde na prisão e estes dois irmãos de quem eu era bastante próxima, ainda hoje são perseguidos pelas imagens de uma tragédia impossivel de adivinhar dada a estrutura familiar e a sua condicão social. Se conto isto agora é para de certa forma exorcizar este meu fantasma antigo e para reforcar a ideia de que há homens desiquilibrados, feios, porcos e maus onde se imagina mas tambem onde menos se espera.

Feios, porcos e maus - Laurinda Alves in Coisas da Vida/Público de 29/8/08

* * *
E mais adiante, Graca Franco :
*
Ainda há lavadeiras em Alfama. Dessas que esfregam a roupa à mão em tanques públicos e fazem concorrencia às lavandarias: Adelina é uma dessas resistentes. Mulher de porte altivo nos seus 72 anos e na sua veste negra onde ressalta o amplo avental branco
[...]
Para ela, o ofício não morrerá pela falta de encomendas [...] O que mata o ofício é o rendimento mínimo e a possibilidade de decidir ter um filho.
[...] Lembrei-me dela ao ler o relato de mais uma tentativa de homicídio de uma jovem mulher que caiu baleada pelo companheiro em plena rua de outro bairro social (S. Roque da Lameira) Tinha um filho de quatro meses ao colo. O relato dos vizinhos -cito de memória - descrevia a vítima como tão pacata que "passava o dia sentadinha num banco à beira de casa" enquanto o companheiro se enfrascava na tasca do senhor Joaquim". Imagino-a numa sucessão de dias passados nessa mansa espera com o filhito ao colo. À espera de que? Do regresso do monstro (o qualificativo é meu!) , que, na volta das tabernas onde arejava o desemprego, a agredia sistemáticamente dentro e fora de portas. Foi alvejada na cabeca, segundo o relato, por "recusar passar ao companheiro bebado o rendimento minimo que acabara de receber" e queria reservar para "pagar a renda" e alimentar o filho. Desta vez a recusa não lhe custou apenas a sova habitual, custou-lhe provávelmente a vida.
*
Pergunto-me que projecto de reinsercão social tolera o passar os dias "sentadinha num banco" esperando o regresso do agressor. Que acompanhamento social tem um casal uma história de violencia que até é crime público. Tolerada meses a fio.
[...]
Quando vi [...] a reportagem da entrega de chaves de casas sociais em Loures uma mulher diz que é o dia mais feliz da sua vida. Vai receber a casa dos seus sonhos, onde pretende cuidar ainda melhor dos dois filhos. Fico contente por ela. Não acho que os direitos se agradeçam. E o direito à habitacão condigna é um dos mais básicos. Mas é isto que eu esperava da aplicação dos meus impostos.
Logo a seguir, outra mulher entra na nova casa e dispara um chorrilho de defeitos: é o tecto, o rodapé mal rematado, a existencia de um único roupeiro, [...] Ouço-a entre o pasmo e a indignação. Impossível evitar pensar que aquela casa lhe foi entregue com os meus impostos (os nossos impostos!) [...] Gente que vai pensar com toda a legitimidade, ser injusto andar a sustentar os sonhos de grandeza de quem espera que esses sonhos lhe caiam no colo. Como se só existissem direitos sem contrapartida de deveres. [...] Não se pode tolerar gente a viver do Rendimento Social alojada em bairros sociais e com as rendas em atraso se queixe amargamente, como assistimos recentemente, de terem sido assaltados, perdendo haveres de que constavam plasmas e PlayStations!
[...]
A pretexto de combater a pobreza está-se simplesmente a investir na marginalidade.
Espaco Público - coluna de Graca Franco - Público de 29/8/08
*
*
*
Urgente, digo eu, promover neste país (-e no mundo inteiro!), mais capacidade de autonomia própria, mais auto-estima, mais auto-respeito e mais consciencia de direitos, nossos e dos outros. De deveres, tambem, nossos e alheios. E alargar essa consciencia e ética estendendo a sua percepção a tudo o que vive, sem fronteiras de espécies nem ambientes....
E se uma parte disso começa em casa, outra parte completa-se na educação exterior, na escola, nas estruturas de apoio público
*
Será desejar muito?!

Wednesday, August 27, 2008

Um fio contínuo?

(imagem... )

Os membros de uma família terrena podem estar espiritualmente unidos ou apenas geneticamente ligados, sendo perfeitos estranhos em qualquer nível mais profundo. A sua família espiritual encontra-se noutro local.
[…]
Mas na vida após a morte do corpo físico não existem laços casuais ou desprendidos deste tipo; o grupo de almas é composto apenas por membros que estão totalmente comprometidos com a sua particular missão espiritual
[…]
Diz-se que o destino de cada alma apenas pode estar completo quando o do grupo também está.
[…]
Frequentemente, o desejo interior de uma pessoa na terra é um reflexo da procura do seu grupo de almas, o equivalente ao seu Santo Graal. Todos têm liberdade para abandonar o caminho traçado pelo grupo de almas, mas crê-se que as lembranças da nossa própria natureza interior nos levarão, eventualmente de volta ao grupo.
[…]
Um grupo de almas apenas avançará quando todos os membros estiverem preparados para isso. Ninguém será deixado para trás.
[…]

Na realidade, e de acordo com certas crenças espiritualistas, as últimas palavras de Maria, rainha da Escócia ("No meu fim está o meu princípio"), exprimem a verdade que se aplica a todos nós.
*
(in MISTERIES OF TIME & SPACE)

*
A projeciologia, que aborda as técnicas de ter consciência de existir para além do corpo, procura incorporar essa noção no dia-a-dia de um modo fácil ...
*

Sunday, August 24, 2008

Recordar, perdoar, transcender e evoluir até um mundo em PAZ.


DIA DA IRMANDADE DOS POVOS.
Iniciativa de: Por El Despertar

Recordar, perdonar, trascender y evolucionar hacia un mundo en PAZ.
*
En esta premisa se basa la Fundación Por El Despertar para solicitar a los pueblos del mundo que el día 12 de Octubre sea declarado
*
DÍA DE LA HERMANDAD DE LOS PUEBLOS.
*
Debemos aprender del pasado para no cometer los mismos errores, perdonar nuestros actos motivados por la ignorancia y el prejuicio, trascender nuestro actual estado hacia nuevas formas de comunión y crear con lo mejor de cada uno una nueva CULTURA de PAZ.

Las diferencias deben ser respetadas y celebradas como el mejor instrumento para enriquecer nuestras vidas y permitirnos edificar a partir de ellas un modelo de convivencia con la tolerancia como eje.

Hoy más que nunca contamos con el conocimiento para revolucionar nuestras vidas y crear una sociedad ejemplar en términos de desarrollo humano y convivencia armónica con nuestros semejantes y con la Madre Tierra.
*
Proponemos a todos los gobiernos del mundo que declaren y celebren el 12 de Octubre como

DÍA DE LA HERMANDAD DE LOS PUEBLOS.

Proponemos que cada familia, cada comunidad, cada grupo espiritual… realice una sentida ceremonia de acuerdo a sus valores y su cultura
*
Un simple brindis, plantar un árbol, hacer una oración, una meditación grupal, bendecir los alimentos, una misa alusiva… cualquiera de estas ceremonias es apropiada para despertar en la conciencia colectiva este renovador sentimiento de unidad.
*
(o que eles fizeram em 2007...)
* * *
e ainda
a 26 Agosto, 14.00 horas, para quem acredita que distancia não conta quando a intenção une:
*
Meditación Masiva Por La Paz
... meditar por la PAZ es una metodología que viene utilizándose en todo el mundo desde hace unas tres décadas con la esperanza que la comunión de voluntades en contemplación genere un impacto en la conciencia colectiva y obre como una bendición para el planeta en su camino evolutivo.

[...]
Tenemos la certeza que la PAZ del mundo es una semillita en el corazón de cada hombre y cada mujer; desde allí, con estímulos como la meditación y la oración, esta comienza a brotar espontáneamente y acaba brindándonos los frutos necesarios para construir la civilización que todos soñamos.
[...]

Te invitamos en este día a unirte a nosotros para celebrar la vida [...] al Amor Sin Causa y a un sentimiento de Unidad con la totalidad de la creación.
*
(cordenação de Pablo de la Iglesia)
*

Saturday, August 23, 2008

um livro especial...


Afrodite, livro que é sem dúvida uma ode à sensualidade... no seu sentido mais amplo, como modo e meio de percurso e vida.
Sem olhar a barreiras mas com o habitual bom-humor e sensibilidade inteligente de Isabel Alende.
*
Quatro príncipio fundamentais, gravados a fogo desde a mais tenra infância, sustentaram a minha formação de menina: sente-se com as pernas juntas, caminhe direita, não opine e coma como as pessoas. No entanto todos os esforços da minha mãe foram insuficientes para fazerem de mim uma senhora: faltava-me simplelmente matéria-prima. A minha família não se recompôs da decepção. Aos dezassete anos, quando descobri que abrir as pernas era muito mais interessante que fechá-las, dediquei-me a violar um por um os severos preceitos da minha educação e agora passado o meio século de vida bem vivida, compreendo que a única coisa que realmente me foi útil foi caminhar direita. E não o digo num sentido metafórico; para uma mulher de um metro e cinquenta de altura, uma postura erecta e a cabeça bem alta é parte da estratégia de sobrevivência. Se andar agachada ainda me pisam. Quanto a comer como as pessoas, cedo me apercebi que isso depende da latitude e das circunstâncias e que para quem gosta de fazer amor comendo e vice-versa, isso das boas maneiras é muito relativo.
*
Ensinam-nos desde pequenos a respeitar a distância física em relação a outras pessoas e a ignorar o nosso próprio corpo. Ainda antes de aprender a falar e a atar os sapatos já interiorizámos a proibição de explorar qualquer orifício da nossa própria anatomia e, claro, da dos outros. Depois gastamos fortunas em terapias para descobrir o poder curador do tacto! Na Califórnia, onde vivo, começou uma febre de workshops para ensinar o que qualquer orangotango sabe sem aulas: a tocarmo-nos e a tocarmos os outros.
*
*

Wednesday, August 20, 2008

o gato de Schrodinger - física quântica, nanofísica e outras coisas entre-mundos!


* O que é: o gato de Schrodinger *
#
Reencarnação quântica: físicos "des-medem" partícula e ela retorna à vida
*
As partículas quânticas - também chamadas de partículas sub-atômicas - têm comprovadamente comportamentos que parecem ser absolutamente impensáveis. Como elas podem se comportar tanto como partículas quanto como ondas, elas podem, por exemplo, estar em vários lugares ao mesmo tempo.
Como é que algo assim tão contra-intuitivo pode ser a base para a construção do nosso mundo "clássico," onde as coisas se comportam como estamos acostumados, é uma questão ainda a ser respondida pela ciência.
[...]
E, para demonstrar que o mundo quântico pode ser ainda mais estranho, os físicos Andrew Jordan e Alexander Korotkov propuseram, em 2006, que seria possível "des-medir" - desfazer a medição - a onda/partícula, fazendo-a voltar ao seu exato estado quântico anterior, como se a medição não tivesse acontecido e, portanto, a partícula não tivesse sofrido qualquer alteração.
*
Agora, uma equipe da Universidade da Califórnia em Santa Barbara, nos Estados Unidos, conseguiu fazer esse experimento e comprovou a teoria. A experiência tem enorme importância para a física e tem grandes implicações sobre a utilização das teorias do mundo quântico para explicar questões de forma quase transcendental
[...]
No campo da física teórica, a nova descoberta coloca uma pitada adicional de "estranhice" no famoso "experimento" conhecido como gato de Schrodinger - um gato fechado em uma caixa contendo um frasco de veneno que estará aberto se uma partícula quântica estiver em um estado, e fechado se a partícula estiver em outro.
*
Em termos quânticos, o gato estará vivo e morto simultaneamente. Quando alguém abrir a caixa, porém - o equivalente a medir o estado quântico da partícula - a partícula colapsará e conheceremos o real estado do gato - vivo ou morto.
Agora que foi demonstrado que é possível reverter o estado da partícula, isso equivale a dizer que, estando o gato morto, poderá ser possível refazer o estado original da partícula e trazer de volta o gato à vida.
[...]
Vários cientistas afirmam que, como a simples medição de uma partícula quântica afeta seu comportamento, de certa forma nós criamos a realidade à medida que interferimos com ela.
Katz, agora, afirma que a demonstração de que somos capazes de reverter o colapso da partícula quântica "nos diz que nós realmente não podemos assumir que qualquer medição crie a realidade porque é possível apagar os efeitos da medição e começar de novo."
*
*

Monday, August 18, 2008

koans

Aparentemente sem sentido ou incompreensível, um koan é, na verdade, um convite para superar a mente comum, um artifício para, num mesmo espanto, impelir a consciência para a iluminação.
(http://www.bodigaya.com.br/f_pensando.html )
#
Um koan (公案; Japanese: kōan, Chinese: gōng-àn, Korean: gong'an, Vietnamese: công án) é uma narrativa, diálogo, questão ou afirmação no Zen-Budismo que contém aspectos que são inacessíves à razão. O koan tem como objetivo propiciar a iluminação do aspirante zen-budista.
*
Um koan famoso é: "Batendo duas mãos uma na outra temos um som; qual é o som de uma mão?" (tradição oral, atribuida a Hakuin Ekaku, 1686-1769).
(http://pt.wikipedia.org/wiki/Koan)

#

O primeiro koan que eu li nunca mais esqueci:

"Este [planeta] é um velho mundo engraçado e terrível: voce tem sorte se sair dele vivo"
*
Mas deixo este, para reflectir...
*
«O grande caminho não tem porta,
Milhares de estradas lá vão dar.
Aquele que atravessa essa porta sem porta
Caminha livremente entre o céu e a terra.»

*

Friday, August 15, 2008

campanha polémica

Colors of the wind - Pan Flute



Às voltas com sons de Flauta de Pã, encontrei as músicas de Ken Davies.
#
Gostei particularmente de ocean , minha primeira escolha mas impossível de trazer para aqui.
#

reinos paralelos - porque não?!


Quase sempre que me encontro com tempo livre de compromissos, sinto-me remetida a uma ambiencia mental de conto de fadas, onde os reinos se misturam... o real -que não é tão real assim para alguns, e outros reinos ditos paralelos, elementais inclusive, que povoavam generosamente a minha infancia numa mistura sem fronteiras, no tempo em que eu tratava as fadas por tu... sem necessidades de rituais! :-)

Ainda que seja só como disciplina anti-stress e terapia anti-aberração homo sapiens porque não dar um belo passeio na natureza -o menos contaminada possível por gentes apressadas, please... e conectarmo-nos com a fé e o encantamento onde tudo é possível, que nunca deixou de nos habitar?!

Na RosaneVolpatto que tem imensa informação s/ este tipo de temas, tem calendário e características de elementais da terra

#

Um pequeno filme que gosto, com alto desempenho gráfico e musical:

#

Wednesday, August 13, 2008

Alternatividades: reiki




www.dianestein.net/


polémica e indispensável Diane Stein, que ousou divulgar ao mundo os símbolos de reiki, numa época em que eram preciosamente ocultados; enfrentou assim o secretismo inicial em que o reiki estava inserido ao qual -evidente, não era alheio o interesse comercial de levar preços exorbitantes por cada iniciação

A afronta ao lobby e o facto de divulgar reiki em workshops condensados a preços mais que razoáveis, valeu-lhe várias ameaças...



reiki-usos e áreas de actuação




Sunday, August 10, 2008

pessoas, que tal um teste?!

(acesso directo, se a imagem não estiver com movimento fluído)

Para que lado a mulher está se movendo? Se você vê ela se movendo em sentido horário, você está usando o lado direito do seu cérebro; se você a vê se movendo em sentido ati-horário, você está usando o lado esquerdo do cérebro. Algumas pessoas podem vê-la se movendo para os dois lados, mas a maioria não consegue.

Tente vê-la se movendo nas duas direções. Se você conseguir fazer isso, já é uma vitória (não há números para o Brasil, mas estima-se que apenas 14% da população norte-americana consegue vê-la se movendo para os dois lados). E se conseguir fazer isso SEM TIRAR os olhos dela ou piscar (e voluntariamente), seu QI é acima de 160, segundo um teste da Universidade de Yale (que desenvolveu essa figura).
(Teste daqui)
Consigo ver para os dois lados sem problemas...
mas para quem não conseguir fácil, pode tentar um truque para desencadear essa percepção:
focar por segundos o olhar ao lado da figura...
*
nos comentários falou-se da hipótese de truque do gif, penso que não... agora quanto a avaliar o QI tenho sérias reservas... rss
Mas nem por isso deixa de ser interessante
E voces, para que lado vêm?!
*
outro teste no género
*
mais um, sobre sinestesia
*

Isto é importante!

(as duas imagens do post são daqui, que tambem tem excelentes dicas e informações sobre alimentação correcta para pets)
*
Rações mais éticas
retirado de Centro Vegetariano.org
*
A rações convencionais para animais contêm subprodutos de origem animal, produtos secundários dos matadouros que geralmente não são consumidos por humanos:
- carcaças de animais (algumas com coleiras insecticidas e outras contendo sódio pentobarbital usado para a eutanásia);
- gado doente (algum ainda com as etiquetas plásticas identificativas e com produtos farmacêuticos e insecticidas nos seus corpos);
- restos em apodrecimento provenientes dos supermercados que incluem plástico e esferovite das embalagens;
- espinal medula;- resíduos dos matadouros;
- pele de animais mortos, moribundos, doentes ou deficientes;
- pulmões;
- tecidos cancerosos;
- baços;
- cérebros;
- sangue;
- bicos;
- patas;
- penas, etc.
a maioria das rações convencionais são elas próprias testadas em animais, sendo, por exemplo, cães e gatos forçados a ingerir ração para determinar as quantidades diárias recomendadas ou consoante qualquer outro objectivo do cientista.
Entre as experiências descobertas estão incluídos casos nos quais gatos bebés são deixados à fome de forma deliberada, sendo fechados em pequenas gaiolas metálicas enquanto lhes são retiradas repetidamente amostras de sangue da sua veia jugular.
Também os cães são alvo de sofrimento quando lhes são cirurgicamente inseridos tubos dentro dos seus estômagos ou quando cachorrinhos de apenas nove semanas são alimentados com uma dieta pobre em zinco, que pode causar graves efeitos colaterais, sendo-lhes depois retiradas as unhas, os dentes e os testículos para análise.
A maior parte das experiências é realizada nos E.U.A. e no Reino Unido, onde a indústria alimentar para as “mascotes” recebe autorização do Ministério dos Assuntos Internos.
*
O consumidor tem o direito de poder fazer uma escolha informada acerca da marca da ração para o seu animal, tendo a certeza de que não só oferece uma dieta equilibrada, mas também que foi elaborada sem causar qualquer sofrimento a outros animais.
Podes ler mais acerca deste assunto em
O Waltham Centre for Pet Nutrition (propriedade da Mars, fabricantes das marcas Pedigree e Whiskas) realiza experiências em animais, bem como a Iams/Eukanuba, propriedade da Procter & Gamble, aponta a BUAV (British Union for the Abolition of Vivisection).
A Procter & Gamble realiza experiências em gatos e cães, argumentando que faz isto para obter a melhor qualidade dos seus produtos.
Também a Purina (actualmente Affinity) realiza experiências em animais e, de acordo com dados da BUAV, possui aproximadamente 600 cães e 500 gatos distribuídos por um conjunto de treze edifícios pertencentes ao Purina Pet Care Centre.
Estas e outras empresas publicam as experiências em revistas científicas com o objectivo de engrandecer as carreiras e os currículos dos seus investigadores. São destacados estudos nos quais são introduzidos tubos renais nos cães e outros animais para depois tentar curá-los com uma dieta pobre em proteínas.
Alguns exemplos de experiências denunciadas pela BUAV:- foram cirurgicamente inseridos tubos nos estômagos de dez cães durante 4 dias, foram alimentados com uma dieta concebida para humanos durante 10 dias, foram-lhes retiradas amostras de urina e sangue e depois foi-lhes fornecida outra dieta. Esta experiência foi realizada com o objectivo de verificar se a alimentação temporária com um tubo gastrointestinal causava mais problemas digestivos do que uma alimentação contínua.- a 7 gatos foi-lhes induzida uma falha nos rins, através do corte do rim direito e reduzindo o fluxo sanguíneo ao rim esquerdo, foi-lhes inserido cirurgicamente um dispositivo para observar o ritmo cardíaco, foram colocados em pequenas jaulas individuais e foram realizados testes para verificar se desenvolviam algum tipo de receio contra as batas brancas dos investigadores.
*
*
Em Portugal já existem rações vegetarianas para cães que consistem em proteínas de origem vegetal de alta qualidade e fórmulas optimizadas e terapêuticas com vitaminas e minerais essenciais para a satisfação plena das necessidades nutricionais dos cães. Em comparação com marcas consideradas de boa qualidade, os preços são equivalentes e, a longo prazo, pouparão gastos em cuidados veterinários. Geralmente já excluem ingredientes como o milho, trigo, derivados do leite e dos ovos para uma maior pureza da dieta e assim alcançar um maior número de casos patológicos. Contêm também soja e batata (fontes proteicas) e cenoura para elevada digestibilidade, olhos brilhantes, controlo da hiperactividade se aplicável, sistema digestivo saudável, mais energia, uma pele saudável e um pêlo brilhante e sedoso.
Para mais informações (em Inglês) acerca de ética e menus vegetarianos para cães e gatos, consulta:
Curiosidade: Em Manhattan existe uma padaria para cães que vende ração vegetariana para animais de estimação e guloseimas feitas com farinha não‑branqueada, alfarroba e milho.
Onde comprar:- Portugal
(ração vegetariana para cães)
(rações biológicas para cães—incluindo vegetariana— e gatos, não testadas em animais. )
Informações e vendas Porto: 916225263, 933300879;
Lisboa: 214852573, 937850434)
(rações vegetarianas e veganas para cães e gatos)
*
O post acima, em itálico, por conter informacão importante para todos os que tem pets e se interessam sobre a condicão animal, foi passado integralmente daqui.
*
A autora, Sofia Gonçalves, tem vários blogs excelentes, muitos na área da defesa e ética animal.
*

Thursday, August 07, 2008

Falando de consciência...




Site em que cada post é uma notícia pertinente, uma chamada de atenção, uma reflexão importante. Do primeiro ao último, aconselho a visita. Conheça o projecto animais de rua e uma das muitas histórias: o gatinho Jedi

http://jornalanimais.blogspot.com/


*
São trabalho de particulares que não olham a medidas nos seus esforços e que parecem ser a única via de salvacão para os animais que têm a sorte de se cruzar com eles. A sociedade dita civilizada não tem qualquer estrutura funcional para os ajudar com um mínimo de qualidade e enterra graciosamente a cabeca na areia recusando-se a reconhecer o problema e muito menos a tomar medidas objectivas para o resolver...


*
Aqui, estão aqueles que se esforçam por divulgar questões de bioética, no comportamento dos humanos relativamente aos animais.

*

Mais histórias de esforço anónimo, pessoal -e felizmente há muitissimas, mas sempre poucas face às necessidades. Histórias com sucessos... e perdas.

http://www.refugiodaspatinhas.org/

http://www.animaisderua.org/

*


polémica entre leitores esgrimindo seus argumentos antagónicos; lançada a partir de um artigo de jornal a reflectir sobre a violência a propósito da proibição de emissão de touradas em horário possível de ferir a susceptibilidade infantil.

Não preciso de dizer de que lado estou, pois não?

*

aviso à navegação blogosférica: ;-)

(imagem no blog da deputada Rebecca Garcia)

Novos textos de Rose Marie Muraro estarão dentro de algumas horas no site dedicado a ela

Eles tambem estão no blog lealdadefeminina, junto a outras coisas interessantes e importantes com o habitual traço fresco e irreverente da Juliana!

*
Não Basta Ser Mulher

É preciso agir na política como mulher

"No início do século XX as mulheres eram cerca de 15 % da força de trabalho mundial. No início do século XXI somos mais de 50 %; em 1969 o número total de universitários era de cerca de 300.000 no Brasil, sendo 200 mil homens e 100 mil mulheres. Hoje são 2.700.000 dos quais 1.800.000 são mulheres.O Jornal Nacional de 8 de março de 2001 noticiou que descobriu 22,5 milhões de famílias brasileiras os homens tomavam conta das crianças enquanto as mulheres iam trabalhar. A recessão do país desempregou os homens que ganhavam mais e os foi substituindo por mulheres que na média ganham 70 % do que ganham os homens.Todos esses números são impressionantes e apontam para uma única realidade:nos últimos trinta anos ao menos a condição da mulher mudou mais do que nos últimos oito mil anos, que compõem o período histórico da humanidade.Calcula-se que a espécie humana tenha cerca de dois milhões de anos de vida, dos quais mais de 1 milhão novecentos e noventa mil anos constituíram a pré-história. O período histórico, isto é, a história como nós a conhecemos inicia-se cerca de oito milanos atrás quando as sociedades se tornam sedentárias e começam a cultivar a terra graças à invenção dos métodos de fundir metais.No mundo pré-histórico havia trabalhos de homem e trabalhos de mulher, que variavam de tribo para tribo. Eram trabalhos complementares: o princípio feminino e o princípio masculino governavam o mundo juntos. Contudo cuidar das crianças era trabalho de mulher e também do homem na maioria das culturas.Com o advento do mundo agrário começa também o domínio do mais forte. Na pré históriaera a solidariedade, a parceria e a propriedade comum dos bens do grupo inteiroque regia todas as relações humanas. No período histórico este equilíbrio se rompe.Agora, o que domina é a lei do mais forte, a luta pela posse de mais terra que passa a ser o bem supremo. A guerra doravante é rotina: quem não mata, morre, quem não invade é invadido, quem não rouba é roubado.A partir de então é a lei da propriedade privada. A mulher, mais fraca, passa a ser propriedade do marido. Fica reduzida ao trabalho doméstico e a criação dos filhos. Já aqui é o princípio do masculino que domina o mundo sozinho. As leis, a economia, os impérios são feitos pelo homem e para o homem. Com a sociedade agrária começa também o patriarcado.A mulher só volta ao mundo público quando a tecnologia avança muito, na segunda metade do século XX. É aí que se cria a sociedade de massas e de consumo.
*
Pela primeira vez em oito mil anos a mulher volta para o mundo público, no começo como serva do homem fazendo 2/3 do trabalho mundial e ganhando apenas 1/3 da massa salarial total. Isto foi descoberto há menos de 30 anos no Ano Internacional da Mulher(1975) e toda a reviravolta fantástica a que nos referimos ocorreu nesse brevíssimo período de tempo.Acontece que quando os machos criam a sociedade de consumo ela tem duas vertentes: a primeira é a entrada da mulher no mercado de trabalho e a segunda, a destruição dos recursos naturais pela competitividade, o desejo de mais riqueza aqualquer preço.Segundo os ecólogos da Rio 92 se não se mudarem os padrões competitivos e destrutivos de desenvolvimento, lá pelo ano 2050 nossa espécie não terá mais como reverter o processo de destruição: acabará o petróleo e a água potável na segunda metade deste século. E é aí que entra outra vez a mulher.Durante os últimos oito mil anos foi só o homem que se tornou competitivo e violento. Ela continuou no recesso da casa a ser altruísta e solidária por uma única razão: se o bebê não tiver alguém absolutamente altruísta cuidando dele, não resiste um único dia ! Deste modo, quando a mulher volta ao mundo público, no fim dos anos 60 ela o faz com os valores arcaicos de solidariedade e altruísmo.Na primeira década tenta imitar o homem e ser competitiva mas não consegue. Ela é sempre um macho castrado, uma mulher bigoduda .Nos anos 80 faz uma revolução e traz para o mundo público os seus verdadeiros valores que em toda a pré história eram também dos homens e é aí que a revolução se dá. As firmas geridas por mulheres no mundo inteiro dão mais certo que as administradas por homens, porque elas cuidam dos subalternos ao passo que os homens dividem para governar.Hoje, nós, mulheres estamos implodindo todos os sistemas simbólicos masculinos: a família, o sistema produtivo, o Estado. E se não trouxermos para eles os valores da solidariedade e do cuidado, nossa espécie acabará.
Mas, não basta ser mulher apenas. É preciso que tenhamos uma militância e uma atitude política libertadora e não opressora como os homens.
Os postos de comando que as mulheres devem conquistar têm que ser transformados de corruptos em transparentes, de busca do interesse próprio na luta pelo bem comum em políticas, públicas elaboradasde baixo para cima, por consenso público, orçamentos participativos, etc.

Uma mulher que pertença a partidos corruptos e sócios das elites internacionais que rapinam o Brasil como Roseana Sarney, por exemplo, (por melhor que ela seja pessoalmente) estará sempre comprometida até a raiz dos cabelos com o que há de pior.

Prefiro votar num homem que tenha uma política consistente de gênero e libertação do oprimido e que a implemente do que nesse tipo de mulher que serve o poder estabelecido.
*
Neste mundo, para nós, não basta sermos apenas mulheres!"
*
(Rose Marie Muraro - Artigo para Folha de São Paulo)
*

Tuesday, August 05, 2008

aviso à navegacão terráquea... :-)

*
Vem aí a data 08-08-08 e ventosdelys informa:
*
8-8-8-. O dia de Abertura do Portal de Orion.

Neste dia culmina um importante processo de abertura de portais que, ainda que começado no princípio da passada década, se acelerou consideravelmente desde o princípio de 2007. A constelação de Orion é a sede da Confederação Galáctica e do seu conselho dos 24 Anciãos. Orion é um ponto de referência Cósmico de AM – a Mãe Galáctica, a energia que, laboriosa e amorosamente tece e cuida da trama de urdidura da tela da vida na galáxia. O seu arquétipo é uma teia de aranha que, a partir do centro de Orion, emite 8 raios em 8 direcções simétricas, os quais, por sua vez, estão conectados de 3 círculos concêntricos com o centro, formando assim uma teia de aranha que divide a Galáxia em 24 partes, cada uma delas regida por um dos 24 Anciãos do Conselho.
(...)
O momento de responder e abrir de baixo para cima a porta que corresponde aos seres humanos conscientes, aos seres espirituais encarnados neste planeta aqui e agora. Trata-se de uma citação planetária, mais que importante, crucial e determinante para o êxito do processo de ascensão. Chegam com INANA na cabeça, a energia geradora e sustentadora de AM – o suspiro galáctico que dá alento à vida, a força criativa original e primogénita. A força dual, núcleo de todas as manifestações energéticas femininas, reconhecidas no Planeta Terra.
*
*
*
* * *
*
11 de Agosto: 11-8-8. Dia da Glória.
*
Compostela vem de “Campos Stella”, o campo da estrela, com clara referência a territórios galácticos, o mundo superior ou dos Céus, utilizando a linguagem medieval.
O Pórtico da Glória, esculpido pelo Mestre Mateo, demorou 20 anos a ser construído e foi instalado no ano de 1188. Este número-data conservou oculta a chave da sua própria abertura para os céus, há 820 anos; o 11-8-8, 11 de Agosto de 2008
(...)
A grade energética da Ibéria (Merkaba Mestra da Ibéria), a Catedral de Santiago forma parte do triângulo Yin e está fortemente conectada de forma energética com a Pirâmide de Uxmal sede do templo etérico de Kinich Ahau (Senhor do Rosto Solar), no coração do Yucatán Maya Mexicano e com o Disco Solar Lemuriano do Lago Titicaca no planalto Peruano-Boliviano.

É toda a informação. Força e Honra. Que Deus nos abençoe a todos

http://www.888portaldeorion.blogspot.com/
(...)
A hora exacta para este trabalho é um curto prazo de tempo de 3 minutos que vai desde as 11.08 horas até às 11.11 horas do dia 11 de Agosto, hora local de cada País.
*
Esperamos encontrar-nos todos, a essa hora, a atravessar o Pórtico da Glória e entregando o nosso coração e a nossa vontade terrena ao serviço de Um Novo Mundo Uma Nova Terra de Amor, Sabedoria e Felicidade. No resto do dia também estará aberto o trânsito energético, local e remoto, pelo Pórtico da Glória activado.
*
*

Escolher nomes para novas pessoas

Segundo consta, os nomes dados aos filhos de Angelina e Brad tiveram assessoria de especialistas em numerologia para segundo a teoria de que o nome influencia energéticamente quem o porta, essas influencias sejam as melhores e ajudem a produzir pessoas equilibradas e bem sucedidas

Knox Léon and Vivienne Marcheline são os gémeos e dois novos elementos a aumentar para 6 o número de filhos de Angelina que tinha 3 adoptados antes da união com Brad e agora tem mais 3, biológicos, do casal.

Interessante tambem é o equilíbrio de género da prole: 3 raparigas e 3 rapazes.

O facto de todas as raparigas terem a letra h em comum e os rapazes a letra x em comum, não será por acaso: Maddox e Pax, Zahara e Shiloh

A filha nascida agora, Vivienne Marcheline, tem o segundo nome como homenagem à mãe de Angelina, falecida recentemente e com quem Angelina tinha uma enorme empatia.

A família bradangelina aumenta!... ;-)

O irmão de Angelina, James Haven, é tal como a irmã, um dedicado defensor de causas ligadas aos direitos humanos

*