Monday, October 31, 2011

para não esquecer... nos 365 dias!



Num excelente trabalho, os gatos urbanos, as protectoras Margarida Matos e Sónia Marinho,
listaram alguns dos perigos que os gatos estão sujeitos e os procedimentos a ter.

Ah, e isto é para ser recordado e praticado o ano inteiro...
Porque estes tipo de perigos não se esgotam nem na data, nem na espécie, nem mesmo na côr... apenas aumentam!

visite todos os cartazes! 



Sunday, October 30, 2011

Second Chance...




O programa humorístico "Second Chance", que foi ao ar entre 1987 e 1988, não durou mais que 21 episódios por conta da baixa audiência mas, 23 anos depois, voltou a chamar atenção: Num dos quadros, os humoristas mostraram como seria a chegada do ditador Moamar Kadhafi no céu. 


Curiosidade: Não acertaram dia nem mês, mas ano, sim!





*Nota pessoalíssima:*
Embora Moamar Kadhafi tenha tenha feito a vida inteira por ter o lamentável destino que teve... Quero deixar absolutamente clara uma posição: não é aceitável numa sociedade que se pretenda evolutiva nenhum ser acabar seu tempo na terra executado por uma turba de gente enfurecida!

Independente de todo e qualquer horror de que seja responsável, 
ele deve ser mantido em boas condições físicas e psicológicas 
para poder responder pelos seus crimes.
O modo como tudo aconteceu não o responsabiliza e para certas mentalidades 
favorece o estatuto de mártir.

Foi aviltante para o ex-carrasco e agora vítima, 
e para todos quantos participaram.


Friday, October 28, 2011

Basicamente, está certíssimo...



...fez muito bem em salvar, lógico!
Quanto ao resto da história a partir daí...

não sei se será tão bonita!



O motociclista Johan Gray, parou a meio de uma prova de qualificação na África do Sul para salvar um bezerro, que se encontrava preso num canal. Johan tem todo o episódio filmado uma vez que levava uma câmera no seu capacete para filmar a prova e o vídeo ganhou rapidamente destaque internacional.




Thursday, October 27, 2011

Excelentes iniciativas do PAN


visite!


Comunicado do PAN sobre a alteração do estatuto do animal no Código Civil



Na passada Sexta-feira foi discutida em plenário na Assembleia da República uma petição referente à alteração do estatuto do animal no Código Civil.

Entregue em Março deste ano com 8305 assinaturas, a petição pede que seja aprovada uma proposta elaborada em 2008 pelo Ministério da Justiça, liderado pelo então ministro Alberto Costa, que prevê a alteração do estatuto dos animais não-humanos, de modo a que deixem de ser considerados 'coisas' para serem considerados 'animais'.
Continuar...
 *Veja os vídeos do PAN
*
O PAN lança hoje a campanha "2ªs Sem Carne", que visa promover a redução em 15% do consumo de carne, trazendo assim claros benefícios para a saúde, o ambiente e os animais. Não comer carne, um dia por semana, é um pequeno gesto que dá início a uma grande mudança, pelo bem de tudo e de todos. 


Visite o site em www.2semcarne.com, junte-se à página do facebook e partilhe por todos. 

Um dia por semana, siga a opção vegetariana.

Tuesday, October 25, 2011

Para que não aconteça...



Na hora de doar, todo o cuidado e pouco...
Há erros que não têm segunda oportunidade.
e quem paga a pior parte são sempre os mesmos -os animais.

e uma ferramenta em constante actualização que se pode revelar muito útil.

E a propósito do mês corrente, 
tudo está muito bem resumido por quem criou o cartaz abaixo:






"Os (poucos) Animais Salvos na Tragédia de Ohio"


ver matéria completa no


2 de apenas 6 sobreviventes de um total de 56 animais...

Duas perguntas fundamentais para uma questão algo complexa:
Havia necessidade de atirar a matar?! 
Ou seria viável usar tranquilizantes adequados com competente supervisão veterinária?!

Descendo um pouco mais à raiz do problema:
É admissível permitir que particulares sem as indispensáveis condições logísticas e até de carácter tenham animais selvagens?!
Ou tal só deveria ser permitido a santuários e reservas naturais, rodeadas de todas as condiçoes necessárias de segurança para animais e pessoas?! 

* * * 
Os 56 animais estavam numa propriedade privada pertencente a um casal descrito como “apaixonados pelos animais”, embora com algumas histórias com as autoridades: Terry Thompson, de 62 anos, tinha sido libertado há 3 semanas após um ano de prisão por posse ilegal de armas e segundo amigos, o casal estava atualmente separado.

Segundo as autoridades, Terry Thompson abriu todas as jaulas da “coleção” de animais selvagens que possuía e de seguida cometeu suicídio. A esposa de Terry, Marian, apelou às autoridades para não abater os animais, sem sucesso.

Era Necessário Abater os Animais?

Pelo menos 49 dos 56 animais foram abatidos pelas autoridades, incluindo os 18 tigres-de-bengala. Um deles nunca foi encontrado, um macaco, que as autoridades suspeitam que terá sido morto por um dos outros animais que se soltaram. Os restantes seis animais, como já foi referido, foram os sobreviventes desta tragédia. Mas este abate de animais levantou uma série de questões, como a gestão do crescente número de animais exóticos mantidos em cativeiro nos EUA. As autoridades defenderam os abates por terem apenas cerca de uma hora até ao por do sol, após o qual não seria possível capturar os animais e proteger as pessoas. Levantou-se de imediato a questão de serem usados tranquilizantes em vez de balas, mas segundo o Xerife Matt Lutz, não tinham acesso imediato aos tranquilizantes. A maioria dos especialistas concordou que, naquele momento, o abate dos animais era a única opção disponível, até porque ao contrário do que se vê regularmente na televisão, os tranquilizantes não adormecem imediatamente os animais: demoram algum tempo a fazer efeito e, o impacto do disparo do tranquilizante, pode tornar o animal agressivo enquanto não adormece. Na verdade, o veterinário de um zoo local chegou mesmo a atingir um dos tigres com um tranquilizante, mas este começou a correr e a fugir, levando as autoridades a atingi-lo novamente, desta vez de forma mortal.

Um Problema de Leis

Luke Dollar, da Big Cats Conservation Initiative, alertou para o facto da discussão estar a focar-se no problema errado. Devia-se discutir urgentemente, não se as autoridades procederam bem ou mal em abater estes animais, mas sim a legislação que permite que pessoas como este casal, ter estes animais na sua posse. “Este era um incidente mais que previsível, logo que os Thompson compraram o primeiro tigre, depois um leão, e por aí fora. Com uma legislação apropriada podemos prevenir que isto alguma vez se repita” explicou Luke Dollar. Ohio é um dos oito estados norte americanos que não regulam a posse de animais exóticos, e um dos poucos estados que não requerem que os cidadãos obtenham uma licença de posse de animais selvagens. Por esse motivo, os Thompson não estavam numa situação ilegal ao possuírem este verdadeiro jardim zoológico. Ou pelo menos, tecnicamente. Na verdade, o casal foi acusado diversas vezes de maus tratos aos animais e houve inclusive tentativas de lhes confiscarem os animais.De acordo com um relatório recente da WWF, nos EUA existem cerca de cinco mil tigres em cativeiro. O mais impressionante neste número, é que na natureza se estimam existirem apenas pouco mais de três mil.
Os seis animais que sobreviveram desta situação; três leopardos, um urso jovem e dois macacos, foram abrigados pelo Columbus Zoo and Aquarium. De acordo com a porta voz do zoo, Patty Peters, os animais “serão guardados no zoo até que alguma decisão judicial ou outra resolução seja tomada”, acrescentando que estão “a cuidar deles neste momento, e talvez fiquem futuramente, mas legalmente estes animais ainda são propriedade das pessoas que os tinham”.
Apesar do suicídio de Terry Thompson, tanto a mulher como outros familiares podem ainda vir a reclamar a propriedade sobre estes animais, pelo que o futuro dos mesmos é, neste momento, incerto.



Mais informação (em inglês):
(matéria divulgada por mail)

Saturday, October 22, 2011

Sunday, October 16, 2011

Live from Wall Street


"Queridos amigos, 
Milhares de norte-americanos ocuparam sem violência a Wall Street - um epicentro do poder financeiro global e da corrupção. Eles são os últimos raios de luz em um novo movimento pela justiça social que está se espalhando rapidamente pelo mundo: de Madrid a Jerusalém e a 146 outras cidades, com outras aderindo a cada instante. Mas eles precisam de nossa ajuda para triunfarem.Como são as famílias de trabalhadores que estão pagando a conta de uma crise financeira causada por elites corruptas, os manifestantes estão exigindo uma verdadeira democracia, justiça social e combate à corrupção. Mas eles estão sob forte pressão das autoridades e alguns meios de comunicação estão retratando-os como grupos extremistas. Se milhões de nós de todo o mundo os apoiarem, vamos aumentar a sua determinação e mostrar a mídia e aos líderes que os protestos fazem parte de um movimento massivo pela mudança.Este ano pode ser o nosso 1968 desse século, mas para ter sucesso ele deve ser um movimento de todos os cidadãos, de todas classes sociais. Clique para participar da campanha para a democracia real - um contador gigante será erguido no centro da ocupação em Nova York mostrando ao vivo cada um de nós que assinarmos a petição e retransmitido ao vivo na página da petição:




A onda mundial de protestos é o capítulo mais recente na história deste ano do poder global do povo. No Egito, as pessoas tomaram a praça Tahrir e derrubaram seu ditador. Na Índia, o jejum de um homem trouxe milhões às ruas e o governo teve que ceder - vencendo uma ação real para acabar com a corrupção. Durante meses, os cidadãos gregos protestam sem descanso contra os injustos cortes nos gastos públicos. Na Espanha, milhares de "indignados" desafiaram a proibição de manifestações pré-eleitoral e montaram um acampamento de protesto na praça do Sol para manifestar contra a corrupção política e a manipulação do governo da crise econômica. E neste verão em Israel as pessoas construíram "cidades de tendas" para protestar contra o aumento dos custos de habitação e por justiça social.


Estes assuntos nacionais estão ligados por uma narrativa global de determinação para acabar com a conivência das elites e de políticos corruptos - que em muitos países ajudaram a causar uma prejudicial crise financeira e agora eles querem que as famílias de trabalhadores paguem a conta. O movimento de massas que está respondendo a isso pode não só garantir que o ônus da recessão não caia sobre os mais vulneráveis, mas também pode ajudar a melhorar o equilíbrio de poder entre democracia e corrupção. 


Clique para apoiar o movimento:



Em cada revolta, do Cairo a Nova York, o pedido por um governo responsável que sirva o povo é claro e nossa comunidade global tem apoiado esse poder do povo em todo o mundo, onde quer que tenha surgido. O tempo em que os políticos ficavam nas mãos dos poucos corruptos está terminando e, em seu lugar, estamos construindo democracias reais, de, por e para as pessoas.Com esperança,Emma, ​​Maria Paz, Alice, Ricken, Morgan, Brianna, Shibayan e o resto da equipe Avaaz


Mais informações:Protestos nos EUA entram no 18º dia e se alastram (O Estado de S. Paulo)
http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,protestos-nos-eua-entram-no-18-dia-e-se-alastram,781126,0.htm


A ocupação de Wall Street e a luta simbólica (O Globo)http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2011/10/05/a-ocupacao-de-wall-street-a-luta-simbolica-409477.asp


Contra medidas de austeridade, Grécia faz greve no setor público (G1)
http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/10/grecia-tem-dia-de-greve-no-setor-publico.html


Protestos contra corrupção reúnem milhares no Kuait (Folha de S. Paulo)
http://www1.folha.uol.com.br/mundo/986423-protestos-contra-corrupcao-reunem-milhares-no-kuait.shtml


Ocupa Wall St - recursos on-line para a ocupação (em inglês)
http://occupywallst.org/"




* * * 
Vale a pena ler 

A town crier in the global village



Veja tambem:

e


Friday, October 14, 2011

3 maneiras diferentes de amar...

3 maneiras diferentes de ajudar: diferentes nas opções e modo de agir, iguais na vontade e  objectivo, mas sempre a fazer toda a diferença nas vidas que tocam!




Shambala , liderada por Tippi Hedren (a actriz de Os Pássaros de Hitchcock e mãe da tambem actriz Melanie Griffith) atraves da Roar Foundation, como santuário de animais selvagens.

*
romaniaanimalrescue.com


lutando pelos animais de companhia
*
http://godblesstheanimals.com/
lidando com uma dimensão que considera em igualdade com o animal humano o estatuto da transcendência para todos os animais não-humanos.

Thursday, October 13, 2011

Igualdad Animal: uma agenda notável!


igualdadanimal.org/em Espanha,
desdobra-se em várias acções visando levar ao conhecimento de todos a realidade sobre a maneira como os animais são tratados

Acompanhe:

Desde as universidades até às ruas,
investigando e mostrando as várias maneiras pelas quais os animais não-humanos são escravizados e explorados, quase sempre impunemente, alvo de todas as violências, a coberto de tradições ou lobbies que vivem dessa escravidão, no meio da indiferença e passividade generalizada...


 o notável trabalho do fotógrafo e activista:
*

mostrando alternativas alimentares:

Wednesday, October 12, 2011

Tuesday, October 11, 2011

"Steve Jobs - a grande quadratura por detrás da Apple"

(Steve Jobs: alguém improvável, que revolucionou a sua área de actuação de modo positivo...
Quando as coisas são para acontecer, acontecem.)

*
Você confiaria num empresário desconhecido, com ideias malucas e uma oposição Marte-Netuno no eixo das casas financeiras? A HP também não confiou. E perdeu a chance de desenvolver o projeto do Apple, o computador que mudou para sempre nossa relação com a tecnologia.

Não, o génio que trouxe a tecnologia para o cotidiano das pessoas comuns não tinha um stellium em Aquário e muito menos o revolucionário Urano sobre um dos ângulos da carta. Para decepção de alguns estudantes apressados, Steve Jobs tinha o Sol em Peixes - talvez o signo que menos nos faça pensar em computadores - e em trígono com Netuno, significador das ilusões. Pior ainda: seu Sol está na casa 6, da rotina produtiva, e Netuno ocupa a 2, dos ingressos financeiros e da capacidade de atrair recursos. À primeira vista, parece mais o mapa de um hippie sonhador do que do CEO de uma das maiores empresas do mundo, certo?

Na verdade, o fundador da Apple foi mesmo um pisciano até a raiz dos cabelos: filho adotivo, adolescente cheio de ideias mirabolantes, jovem que não conseguiu terminar a faculdade, "riponga" com inclinações budistas, tudo levava a crer que poderia ser mais um daqueles netunianos desajustados, sempre dependente da família e com a cabeça no mundo da lua.

Falamos em Lua? Pois ei-la na casa 7, em Áries, mesmo signo que abriga também Marte, seu próprio regente. Dois planetas pessoais num signo cheio de iniciativa, e na casa da relação com o público. Jobs tinha a capacidade de entender o que os compradores desejavam (Peixes na cúspide da 7 indicando empatia) e também a disposição para sair na frente dos concorrentes na disputa pela clientela. Áries é um signo de batalhas e conquistas, e Jobs foi um guerreiro que levou seus produtos ao próprio coração do "território inimigo": o lar da classe média conservadora, que jamais pensara antes em adquirir um computador.


[...]
Voltando a Steve Jobs: que tal um mapa onde o guerreiro Marte recebe uma oposição do sonhador Netuno e uma quadratura do impaciente Urano? E se agregarmos a tudo isso uma oposição Vênus-Júpiter, tradicionalmente associada à boa vida e ao desperdício, para formar uma grande cruz em signos cardinais? Definitivamente, não parece o mapa de um dos homens mais bem-sucedidos do mundo. Lembra mais o mapa de um jogador visionário e pouco prático, que tenta grandes tacadas com projetos estapafúrdios que ninguém leva muito a sério. Ocorre que, relendo a biografia do fundador da Apple, descobrimos que Steve Jobs era exatamente isso: um visionário que sonhava alto e tinha projetos que, a princípio, despertaram apenas ceticismo em quem teve a oportunidade de conhecê-los. Que o diga a poderosa HP, empresa onde o sócio de Jobs, Steve Woniak, trabalhava como funcionário. Jobs e Wozniak mostraram seus planos à HP, que recusou de imediato o projeto de um micrinho pessoal chamado Apple I. Essa decisão liberou os dois jovens para criar uma fabriqueta de fundo de quintal, cujos primeiros produtos foram vendidos para os vizinhos. O resto da história todos conhecem... e a HP detesta ouvi-la.

Todo aspecto astrológico é uma faca de dois gumes, e pode manifestar-se numa grande variedade de formas. Uma tensão Marte-Netuno pode, por exemplo, sinalizar uma agressividade (Marte) desfocada (Netuno), ou um comportamento destrutivo (Marte) decorrente de uma atitude escapista (Netuno). Jobs trabalhou o que havia de mais positivo na oposição Marte-Netuno ao manifestá-la comoiniciativa (Marte) inspirada (Netuno). A Apple era mesmo um negócio de alto risco (quadraturas de Marte a Urano e Júpiter) e mais de uma vez esteve à beira da falência. Mas Jobs usou muito bem sua incrível capacidade de disfarçar o vendedor combativo (Marte em Áries na 8) sob a aparência de filósofo precursor de uma tecnologia mais humanizada (Netuno em Libra). A partir daí, a oposição de Vênus a Júpiter-Urano, em vez de funcionar como indicador de desperdício e consumo compulsivo, passou a funcionar como indicador de... desperdício e consumo compulsivo DOS OUTROS! Jobs, como poucos empresários, soube explorar a irresistível tendência humana para a compra por impulso. Todos os produtos da Apple jogam com o desejo (Vênus) da aquisição instantânea (Urano), com base num processo de sedução (Netuno) agressivo e fulminante (Marte em Áries). E, com Júpiter ativando toda a configuração, é claro que Jobs fez tudo isso numa escala gigantesca.

Netuno (a fantasia) em trígono com o Sol e numa casa de ingressos financeiros também fala de outra área em que Jobs revelou-se genial: durante alguns anos, ele perdeu o controle da Apple e foi obrigado a afastar-se da empresa. Comprou então do cineasta George Lucas uma empresa de animação gráfica aparentemente sem muito futuro. Essa empresa, rebatizada como Pixar e comandada pela competência de Jobs, logo tornou-se fornecedora de serviços para a Disney, revolucionando a indústria do desenho animado. No filme Toy Story I, de 1995, Steve Jobs aparece nos créditos como um dos produtores executivos. Ele acabou vendendo a Pixar em troca de uma polpuda participação na Disney, tornando-se assim também um empresário na área do entretenimento infantil. Netuno na 2, Gêmeos no Meio do Céu e Mercúrio em Aquário na criativa casa 5: é o mapa de Steve Jobs    [...]

O Ascendente Virgem parece estar presente no escrúpulo com que Steve Jobs tentava conduzir as relações com os usuários de seus Macs, iPhones e iPads. A Apple foi uma das primeiras empresas a perceber que controle de qualidade do produto final e honestidade no trato com o comprador eram fatores de lucratividade. Sob este aspecto, construiu uma reputação anos-luz à frente de sua principal concorrente, a Microsoft (vista como uma empresa antiética e gananciosa). A aparência de Jobs, um workaholic sempre vestido com discretos trajes escuros, também ressalta o fator virginiano e contribui para criar a imagem de um sujeito genial, mas em quem se pode confiar. A morte decorrente de uma degeneração no sistema digestivo (câncer no pâncreas) também faz pensar em Virgem, pois relaciona-se a processos regidos por este signo.
[...]

(leia o artigo completo na constelar deste mês)


* * *

leia tambem:

A estátua do Cristo Redentor, no alto do morro do Corcovado, tem um mapa com horário exato, que mostra Urano no Ascendente envolvido numa quadratura T. Um mapa tão impressionante quanto o próprio monumento, cuja inauguração esconde uma pequena trapaça



Monday, October 10, 2011

e o que sempre digo: o virtual repete o "real"!

*Visite a Wikifauna! no final da pagina tem os vários tipos...


*

Fartei-me de sorrir ao ler as descrições que a Wikipedia dá ao que chama a
faunawiki!

-que também se repete nos blog, FB, listas de discussão, etc

Como não podia deixar de ser, a vida virtual repete a real...

Quem não encontrou ainda (ou foi!) na vida do mundo de todos dias o seu gnomofada, Gollum ou diva que diga! 

Para não falar dos maçadores pombos enxadristas  
:P


*link *

Sunday, October 09, 2011

em busca...



Não conhecia, mas fiquei a conhecer!
Conheça tambem, com Jason Mraz

e mais...

Já agora... entre na historia!

;-)



Saturday, October 08, 2011

Hoje é Dia Mundial Contra a Crueldade Contra os Animais!


Padre Thomasz Jaeschke luta pela Causa Animal

 Sua cruzada ganhou o nome de "Que Vadis Vatikan" e apesar de possuir seguidores na Internet, a Igreja ainda é surda aos seus apelos. Ele escreveu uma carta ao Papa em fevereiro, pedindo que ele o recebesse para falarem sobre a importante causa dos animais, criados pelas mesmas mãos amorosas e nossos irmãos menores. Sem resposta, o padre foi assim mesmo ao Vaticano onde jejuou por dois dias na Praça São Pedro, em solidariedade aos animais que são todos os dias mortos, torturados e negligenciados por todo o mundo. O Papa não o recebeu e o Padre volta para a sua cruzada. 
Que ele saiba que ele não está sozinho!

(encontrado aqui)

“Os animais possuem uma alma e eles podem compreender nossos sentimentos? 

Tais perguntas só podem ser feitas por alguém que não tem nenhum dos dois.”
(Padre Eugen Drewemann, teólogo)
*
Site do Padre (com opção em Português)



E-mail do Padre para encorajá-lo a continuar: 
tom@animalpastor.eu

Friday, October 07, 2011

Weeac!!!



No dia 08 de outubro, mais de 70 cidades em mais de 28 países , e no Brasil 26 cidades estarão participando do Dia Mundial pelo fim da Crueldade Animal - Weea. Trata-se de um Evento Global que atravessará dezenas de países no mesmo dia e horário. Os eventos acontecerão sincronizadamente no sábado, dia 08, começando sempre às 16 horas. O World Event for the End of Animal Cruelty deseja enviar uma mensagem clara à sociedade e aos governos mundiais dos animais sujeiros. E portanto com direitos à vida e à dignidade. Sua proposta é claramente abolicionista e de combate à exploração animal. Em Recife este evento será realizado no Parque da Jaqueira com a coordenação local do Movimento de Defesa Animal de Pernambuco ( MDA/PE) numa demonstração de apoio pelo fim dos maus tratos e  crueldade aos animais, pelos governos mundiais.

*Os participantes devem levar uma vela com suporte.*

* em Portugal *

*Veja os videos!*


Wednesday, October 05, 2011

2 destaques



Imagem para lá de linda que amei perdidamente ver no dia 4 de Outubro
Artista: Deb Harvey 


Leia a história, linda também!

*
e o outro destaque, com muito agrado, é do
 artigo (s) no Pan a propósito do Dia Mundial do Animal:

Terça, 04 Outubro 2011 09:03
“A verdadeira bondade do homem só se pode manifestar com toda a pureza, com toda a liberdade, em relação àqueles que não representam nenhuma força. O verdadeiro teste moral da humanidade - o mais radical, a um nível tão profundo que escapa ao nosso olhar - são as relações com aqueles que estão à nossa mercê: os animais. É aí que se produz o maior desvio do homem, a derrota fundamental da qual decorrem todas as outras” – Milan Kundera

Comemora-se hoje, dia 4 de Outubro, o Dia Mundial do Animal não-humano. Para o PAN – Partido pelos Animais e pela Natureza -  comemorar este dia é recordar os biliões de vítimas da violência milenar que a humanidade tem exercido e continua a exercer sobre os membros de outras espécies de seres vivos e sencientes, diferentes na forma do corpo, na linguagem e no tipo de faculdades mentais, mas iguais na capacidade de sentir, bem como na busca de segurança e bem-estar e na fuga ao sofrimento físico e psíquico. Se a violência das civilizações humanas não tem vitimado apenas os animais não-humanos, numa fúria destruidora que tem devastado os recursos naturais do planeta e a própria humanidade, a verdade é que os animais, como aponta Milan Kundera, são as vítimas mais impotentes e indefesas, que padecem em silêncio todas as mais impensáveis atrocidades e horrores que lhes são infligidos pela ignorância e maldade humanas.

O PAN exorta assim a que comemorar o Dia Mundial do Animal não-humano comece para todos nós por pararmos – no meio da agitação dos nossos pensamentos, preocupações e vidas – e tomarmos consciência de como têm sofrido e sofrem biliões de seres semelhantes a nós para nossa alimentação, vestuário, exploração e divertimento. Paremos e pensemos na multidão de escravos torturados nos campos de concentração da  pecuária intensiva, em constante dor, angústia e stress, saturados de hormonas e antibióticos, até ao abate que trará a sua carne envenenada aos nossos pratos; paremos e pensemos nas vítimas da experimentação animal, nos olhos e peles queimadas, nos choques eléctricos, nas mutilações, nas entranhas abertas em vida, para fins pseudo-científicos e cosméticos; paremos e pensemos na angústia, stress e dor dos touros, antes, durante e depois das touradas, para divertir multidões insensíveis; paremos e pensemos no sofrimento dos animais de companhia, maltratados e abandonados como coisas nas estradas, à fome e à sede, após nos darem o melhor do seu afecto e da sua alegria; paremos e pensemos nos animais mortos à fome e esfolados em vida para enriquecer os negociantes de peles e vestir a nossa vaidade; paremos e pensemos na tristeza dos animais selvagens fechados nos jardins zoológicos e domados à força nos circos; paremos e pensemos na redução drástica da biodiversidade, nas dezenas de espécies que todos os dias se extinguem, devido à acção humana sobre os ecossistemas…

Paremos, pensemos e tomemos uma decisão: BASTA! Basta de tudo isto, tal como basta de discriminação racial, sexual, social, económica ou religiosa. Se não admitimos que se discrimine, maltrate, oprima e explore um ser humano e se fique impune, porque aceitamos que se faça o mesmo a um animal não-humano?

Se tomamos consciência de tudo isto e nada fazemos, continuamos a ser responsáveis. Comemorar o Dia Mundial do Animal não se pode reduzir a lançar um olhar melancólico sobre o triste destino de tantas vidas, lamentando e encolhendo os ombros, como se nada pudéssemos fazer. Podemos fazer tudo e é para isso que o PAN existe. O PAN existe para mobilizar a consciência cívica de modo a que a consideração ética e jurídica dos animais entre na discussão pública e na agenda política, de modo a que sejam aprovadas leis que reconheçam direitos aos animais e criminalizem os atentados contra eles. O PAN considera a causa animal inseparável das causas humanitária e ecológica e é por todas elas que se ergue como uma força impulsionadora de um mundo mais justo para todos os seres. Pare, pense e decida juntar-se a esta luta!


(de: Paulo Borges - seguir a polémica do momento -no FB)