Sunday, December 15, 2013

Message to the World


Sunday, November 03, 2013

hoje!


acerca do caso instituto Royal,Brasil

 
 
o resgate dos cães Beagle nos Brasil tem dado a volta ao mundo...

tem servido e muito bem como gatilho para denuncia de outras atrocidades cometidas contra animais. as vezes em nome da ciência mas... sempre por dinheiro!

no facebook um simples toque de partilha permite com o mínimo tempo fazer chegar a noticia a mais e mais gente por isso aconselho a visita a
https://www.facebook.com/pages/Ajude-os-Beagles-do-Instituto-Royal/210030139178809?fref=ts   entre outras paginas.

não querendo usar o FB pode ainda assim acompanhar a par e passo o caso aqui:

 
o caso tem dado origem a entrevistas e manifestações publicas
 
oportunamente irei colocando depoimentos de como e experimentação animal e completamente falaciosa, inútil e muitas vezes contraproducente.
 
 
 
 
 

Monday, October 14, 2013

Wednesday, August 28, 2013

“A Special Surveillance Chip”

 

“A Special Surveillance Chip”

According to leaked internal documents from the German Federal Office for Information Security (BSI) that Die Zeit obtained, IT experts figured out that Windows 8, the touch-screen enabled, super-duper, but sales-challenged Microsoft operating system is outright dangerous for data security. It allows Microsoft to control the computer remotely through a built-in backdoor. Keys to that backdoor are likely accessible to the NSA – and in an unintended ironic twist, perhaps even to the Chinese.

The backdoor is called “Trusted Computing,” developed and promoted by the Trusted Computing Group, founded a decade ago by the all-American tech companies AMD, Cisco, Hewlett-Packard, IBM, Intel, Microsoft, and Wave Systems. Its core element is a chip, the Trusted Platform Module (TPM), and an operating system designed for it, such as Windows 8. Trusted Computing Group has developed the specifications of how the chip and operating systems work together.

Its purpose is Digital Rights Management and computer security. The system decides what software had been legally obtained and would be allowed to run on the computer, and what software, such as illegal copies or viruses and Trojans, should be disabled. The whole process would be governed by Windows, and through remote access, by Microsoft.

Now there is a new set of specifications out, creatively dubbed TPM 2.0. While TPM allowed users to opt in and out, TPM 2.0 is activated by default when the computer boots up. The user cannot turn it off. Microsoft decides what software can run on the computer, and the user cannot influence it in any way. Windows governs TPM 2.0. And what Microsoft does remotely is not visible to the user. In short, users of Windows 8 with TPM 2.0 surrender control over their machines the moment they turn it on for the first time.

It would be easy for Microsoft or chip manufacturers to pass the backdoor keys to the NSA and allow it to control those computers. NO, Microsoft would never do that, we protest. Alas, Microsoft, as we have learned from the constant flow of revelations, informs the US government of security holes in its products well before it issues fixes so that government agencies can take advantage of the holes and get what they’re looking for.

Experts at the BSI, the Ministry of Economic Affairs, and the Federal Administration warned unequivocally against using computers with Windows 8 and TPM 2.0. One of the documents from early 2012 lamented, “Due to the loss of full sovereignty over the information technology, the security objectives of ‘confidentiality’ and ‘integrity’ can no longer be guaranteed.”

Elsewhere, the document warns, “This can have significant consequences on the IT security of the Federal Administration.” And it concludes, “The use of ‘Trusted Computing’ technology in this form ... is unacceptable for the Federal Administration and for operators of critical infrastructure.”

Another document claims that Windows 8 with TPM 2.0 is “already” no longer usable. But Windows 7 can “be operated safely until 2020.” After that other solutions would have to be found for the IT systems of the Administration.

The documents also show that the German government tried to influence the formation of the TPM 2.0 specifications – a common practice in processes that take years and have many stakeholders – but was rebuffed. Others have gotten what they wanted, Die Zeit wrote. The NSA for example. At one of the last meetings between the TCG and various stakeholders, someone dropped the line, “The NSA agrees.”

Rüdiger Weis, a professor at the Beuth University of Technology in Berlin, and a cryptographic expert who has dealt with Trusted Computing for years, told Die Zeit in an interview that Microsoft wanted to completely change computing by integrating “a special surveillance chip” in every electronic device. Through that chip and the processes of Windows 8, particularly Secure Boot, “users largely lose control over their own hardware and software.”

But wouldn’t it contribute to higher levels of security? Certain aspects actually raise the risks, he said. For example, during production, the secret key to that backdoor is generated outside the chip and then transferred to the chip. During this process, copies of all keys can be made. “It’s possible that there are even legal requirements to that effect that cannot be reported.” And so the TPM is “a dream chip of the NSA.”

Perhaps even more ominously, he added: “The other realistic scenario is that TPM chip manufactures don’t sit within reach of the NSA, but in China....”

Apple phased out the surveillance chips in 2009. Linux doesn’t comply with the standards, and Linux machines cannot use the technology. Microsoft defended itself the best it could. The TPM is activated by default because most users accept defaults, it said. If users would have to activate the functions themselves, many users would end up operating a less secure system. And of course, government regulations that would require that users have the option to opt in or out would be unwise.

Instead, hardware manufactures could build machines with the chips deactivated, Microsoft said. If you want to have control over your computer, that’s what you’d have to buy. Another option would be to switch to Linux machines, something that the city government of Munich has started 10 years ago; the changeover should be complete before the year is up. This aspect of the NSA debacle cannot possibly be twisted into bullish news for Microsoft.

China is the promised land for our revenue-challenged tech heroes: over a billion consumers, economic growth several times that of the US, and companies splurging on IT. Layer the “cloud” on top, and China is corporate nirvana: a high-growth sector in a high-growth country. Or was nirvana, now that the NSA’s hyperactive spying practices have spilled out.
Source:

http://worldtruth.tv/leaked-german-government-warns-key-entities-not-to-use-windows-8-links-the-nsa/

Monday, August 12, 2013

BRASIL, 25 DE AGOSTO!

 
 
 
 
 
 
que todos Amigos dos Animais que estão no Brasil apoiem a Marcha de 25 de Agosto, é já no próximo Domingo!

 informe-se sobre qual a cidade mais próxima de si:


 
 

Friday, July 26, 2013

memorias...


 

RIO – Publicado pela primeira vez em 1966, o conto “Nós lembramos por você por atacado”, de Philip K. Dick, inspirou dois filmes intitulados “Vingador do futuro” no Brasil. Na história, uma empresa, batizada Rekal, oferece implantes de falsas lembranças de viagens e aventuras a clientes que não têm como pagar pela experiência verdadeira. Agora, a ideia do escritor americano começa a sair do campo da ficção científica para a realidade. Um grupo de pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) conseguiu pela primeira vez implantar memórias em camundongos.
Além de ajudar a revelar não só como guardamos as lembranças de acontecimentos mas onde elas ficam armazenadas no cérebro, o experimento provou que tanto as memórias verdadeiras quanto as falsas utilizam os mesmos mecanismos cerebrais, não podendo, assim, ser diferenciadas pelos indivíduos. Este fenômeno já foi muito bem documentado em tribunais, nos quais acusados foram considerados culpados com base em declarações de vítimas e testemunhas que estavam certas sobre suas lembranças, mas depois acabaram inocentados por exames de DNA.
- Sejam memórias falsas ou genuínas, os mecanismos cerebrais por trás da recuperação da memória são os mesmos – diz Susumu Tonegawa, professor de biologia e neurociência do MIT e principal autor de artigo sobre o experimento, publicado na edição desta semana da revista “Science”.
Embora tenha recebido o Prêmio Nobel de Medicina de 1987 por seu trabalho em imunologia, Tonegawa tem se dedicado nas últimas décadas a investigar os processos de formação e a manipulação de memórias. De acordo com as teorias mais aceitas atualmente, a lembrança de episódios, isto é, a memória das experiências pelas quais passamos, é construída por vários elementos, que incluem objetos e informações sobre o ambiente e o tempo. Estas associações são codificadas no cérebro por mudanças físicas e químicas nos neurônios, assim como por modificações nas conexões entre eles, formando uma estrutura complexa que os neurocientistas batizaram como engrama. Até recentemente, no entanto, mesmo a existência dos engramas ainda era considerada hipotética, e determinar um local onde deixam suas marcas no cérebro, um desafio ainda maior para os pesquisadores.
No ano passado, porém, Tonegawa e sua equipe conseguiram detectar as marcas da formação dos engramas, resolvendo então procurar sua fonte com base em uma antiga hipótese, a de que o centro de processamento da memória está numa estrutura cerebral conhecida como hipocampo, localizada no lobo temporal, sugerida nos anos 40 por experimentos do neurocirurgião canadense Wilder Penfield. Para isso, Tonegawa e sua equipe usaram um ramo da neurociência chamado optogenética, em que camundongos são geneticamente modificados de forma que seus neurônios possam ser ativados, controlados ou rotulados por meio de estímulos ou marcadores luminosos.
- Comparado com a maioria dos estudos que tratam o cérebro como um caixa-preta, tentando acessá-lo de fora para dentro, estamos tentando estudar o cérebro de dentro para fora – resume Xu Liu, pesquisador da equipe de Tonegawa. - A tecnologia que desenvolvemos para este experimento nos permite dissecar em detalhes e até potencialmente mexer com o processo da memória por meio do controle direto das células cerebrais.
Na experiência, os pesquisadores primeiro colocaram os camundongos em uma gaiola A, onde puderam explorar o ambiente livremente enquanto a formação da memória do local era acompanhada pelos cientistas. No dia seguinte, os animais foram colocados numa segunda e bem diferente gaiola B, onde depois de um breve período de tempo sofreram choques elétricos moderados enquanto os pesquisadores usavam luz para reativar os neurônios associados à memória da gaiola A. No terceiro dia, os camundongos foram postos de volta na gaiola A e congelaram de medo, mesmo nunca tendo recebido choques nela, demonstrando que tiveram implantada uma falsa memória do local porque quando sofreram o choque na gaiola B estavam relembrando estar na A.


Leia mais sobre esse assunto em
 http://oglobo.globo.com/ciencia/cientistas-implantam-memorias-em-camundongos-9180943#ixzz2aAWvrj3k

Monday, April 22, 2013

By F.B.

 
***
 
 
***
 
 
***
 
 
***
Amigos

escrevam mensagens de repúdio para o link de contato com a cidade de Sochi, na Rússia, que pretende exterminar cães e gatos de rua para as Olimpíadas de Inverno de 2014, assim como a Polônia e a Ucrânia fizeram em 2012 na Eurocopa....
Mesmo quem não sabe inglês, coloquem no google tradutor e mandem ver.
Isso é uma vergonha e o governo precisa recuar nessa decisão completamente absurda.

Aqui está o link:

http://russiatrek.org/ask-question/about/205

 
 
 
***
 
 
***
 
 
***
 
 
 
 
 
 

Thursday, April 18, 2013

Desfado

 
Ela e a Ana Moura
 
como estou a ter dificuldade em carregar o vídeo, deixo o link:
 
 
 a sinergia do grupo e notável,
 
gosto!
 
e a letra... :-)
 
 

Wednesday, April 10, 2013

Think you know what your food costs, and where it comes from? Think again



Many of us are blind to the disastrous impact factory farming has not only on animals, but on human lives too. According to the UN, raising animals for food contributes more to climate change than all of the world's planes and automobiles combined. Factory farms also use more food than they produce. At a time when nearly 1bn people suffer from malnutrition, one-third of the world's cereal harvest is being fed to animals - enough to feed almost 2.3 billion people. If you agree this is a shocking and tragic waste, share this film with everyone you know.

http://en.avaaz.org/1025/the-video-factory-farmers-dont-want-you-to-see?utm_source=facebook_avaaz&utm_medium=social_media&utm_campaign=hot-vídeos

Tuesday, April 09, 2013

Cloud Atlas - FILME EM ANALISE


(O "mapa" das reencarnações em Cloud Atlas)
 
 
c/ vídeo
 
 
Cloud Atlas ("A Viagem" no Brasil) é o mais novo filme dos irmãos Wachowski (os mesmos que fizeram a trilogia "Matrix") e, ao contrário dos seus últimos filmes, não decepciona. Não é nenhum espetáculo visual com câmeras rodando, ou uma experiência em que você vai sair do cinema vendo códigos da Matrix no ar, mas vai mexer de alguma forma em você. Talvez não no nível mental consciente, mas em alguma parte indefinível da sua alma.
 
O slogan do pôster promocional de Cloud Atlas ("Tudo Está Conectado") parece um marketing nova era, mas é na verdade a alma do filme, a chave para melhor apreciá-lo. Não à toa os irmãos Wachowski procuraram o diretor Tom Tykwer pra co-dirigir o filme com eles. O trabalho mais famoso desse cara é "Corra, Lola, Corra", que trata de ESCOLHAS.

Para embasar meu comentário vou falar brevemente de uma pesquisa recente onde cientistas conseguiram provocar um entrelaçamento ("entanglement") de três partículas, que é quando elas passam a compartilhar as mesmas propriedades quânticas (ou seja, quando a propriedade de uma partícula é alterada, a outra reage instantaneamente e tem seu estado quântico alterado também). E essa ligação independe de espaço (distância) ou tempo, pois a informação viaja mais rápido que a luz! A novidade é que conseguiram emparelhar 3 partículas de fóton (luz) a partir de UMA, quando antes só conseguiam emparelhar duas. No futuro espera-se conseguir fazer isso com centenas (milhares?) de partículas, e aí poderemos ter (um dia, quem sabe) dois "computadores quânticos" servidores de internet cujas partículas são "irmãs" e se comunicam sem cabos, wi-fi, ondas, etc (não seria isso a base da comunicação pelo pensamento?). Mas o que isso tem a ver com o filme? Bem, se o ser humano já consegue antever o conceito de "ação fantasmagórica à distância" (frase de Einstein se referindo ao entrelaçamento) como algo utilizável, por que não considerarmos que, na metafísica, tal comunicação também ocorra entre almas? Casos não faltam, como o de mães que sentem o desespero (ou morte) dos filhos, e até mesmo animais que sabem quando o dono vai chegar. E mais ainda: será que nossas almas "emparelhadas" provém de uma "alma mãe"? O filme Cloud Atlas trata de um conjunto de almas ao longo do tempo cuja história e sentimentos parecem entrelaçados, e a forma como isso é contado (os acontecimentos ocorrem simultaneamente em cada época, graças à brilhante montagem do filme) sugere "ondas de desafio", momentos-chave que vão refletir não só no futuro de cada um (se considerarmos a reencarnação como uma evolução puramente pessoal) mas no passado - sim! - e futuro de outras pessoas que, de alguma forma, estão nessa "rede" (e aí entra o conceito de entrelaçamento, que metafisicamente falando poderia englobar a idéia já exposta aqui no modelo de evolução da consciência e na evolução como espiral).

Logo no começo do filme o personagem Timothy Cavendish fala: "Minha vasta experiência como editor permitiu-me desprezar as analepses das leituras e todos os seus truques estranhos. Acredito, caro leitor, que se puder ser um pouco mais paciente, encontrará o metódo desta história de loucura". É como um conselho dos realizadores pra platéia: se sentir-se confuso (e todo mundo fica nos primeiros 30 minutos) ignore os truques de edição, os vários personagens e concentre-se no "grande quadro", na história como um todo. E essa é uma história de rebelião, de lutar contra o sistema, como em "V de vingança". Por exemplo, a questão do escravagismo e do papel da mulher na sociedade é colocada pelo personagem Adam Ewing (o advogado do navio) da seguinte forma: "Se Deus criou o mundo, como saberemos que coisas devem mudar e o que deve permanecer sagrado e inviolável?"
Mas como estamos aqui para destrinchar o filme, vamos analisar cada história e suas nuances:


PACÍFICO SUL, 1849
A primeira história é sobre Adam Ewing, um advogado americano que, em uma viagem de navio, ajuda um escravo clandestino. Mas sem ele saber, está sendo lentamente envenenado por um sinistro médico, interpretado por Tom Hanks, que quer roubar a chave do baú de Adam atrás de coisas de valor. Ele sobrevive graças ao escravo e por fim se torna abolicionista.
Os personagens de Tom Hanks são os casos mais representativos do filme. Em 1849 ele diz "Um tigre não pode mudar suas listras", e de fato ele permanece com uma personalidade para o mal e à ambição desmedida pela maioria das vidas, ao ponto de se ater à mesma pedrinha azul em duas delas. Essa pedra representa seu demônio (o "Georgie", interpretado por Hugo Weaving). É interessante rever o filme e notar como o Tom Hanks de 2321 diz do demônio: "E contarei a história da primeira vez que nos conhecemos cara a cara" e corta para o Tom Hanks de 1849 olhando pela primeira vez para o advogado (que, como veremos à frente, usa as tais pedrinhas azuis como botões do colete).

(... http://www.saindodamatrix.com.br/archives/2013/03/cloudatlas.HTML)



http://www.saindodamatrix.com.br/
 
 

Monday, April 08, 2013

Vamos aumentar a pressão pelos Masai!




Somos os anciãos da tribo Masai da Tanzânia, uma das tribos mais antigas da África. O governo acabou de anunciar um plano de remoção de milhares de Masais das nossas terras, para dar espaço para turistas endinheirados atirarem em leões e leopardos. E essa remoção forçada pode começar a qualquer momento.

No ano passado, quando a primeira informação sobre este plano vazou, quase um milhão de membros da Avaaz se uniram para nos ajudar. A atenção criada sobre o assunto forçou o governo a inicialmente refutar essa ideia e atrasar as negociações em torno deste plano por meses. Mas o presidente esperou até que a atenção internacional dimunuísse, e agora ressuscitou a ideia de tirar nossa terra de nós. Precisamos de sua ajuda novamente, com urgência.

O Presidente Kikwete pode não se preocupar conosco, mas ele mostrou que responde ao apelo da mídia global e da pressão pública! Pode ser uma questão de horas. Por favor, apoiem-nos na luta para proteger nossa terra, nossa gente e os mais majestosos animais do mundo e espalhem isso para todas as pessoas antes que seja tarde demais. Essa é a nossa última esperança.


Os anciãos Masai do distrito de Ngorongoro

Mais informações

The Guardian: a fúria dos Masai como plano para atrair turistas do Golfo Pérsico ameaça a sua terra ancestral (em inglês)
http://www.guardian.co.uk/world/2013/mar/30/maasai-game-hunting-tanzania

allAfrica: Apropriação de terra poderá amaldiçoar o 'Fim dos Masaii' (em inglês)
http://allafrica.com/stories/201303290873.html

IPP Media: Esforços frustrados de comunidade Masai para dar espaço à Ortelo Business (em inglês)
http://www.ippmedia.com/frontend/?l=52669

The Guardian: Tanzania refuta plano para expulsar Masai para caça da realeza (em inglês)
http://www.guardian.co.uk/world/2012/aug/15/tanzania-evict-maasai-uae-royals

The Guardian: “Turismo é uma maldição para nós”(em inglês)
http://www.guardian.co.uk/world/2009/sep/06/masai-tribesman-tanzania-tourism

News Internationalis Magazine: “Caçados”(em inglês)
http://www.newint.org/columns/currents/2009/12/01/tanzania/

Sociedade para os Povos Ameaçados: informações sobre a remoção forçada dos Masai de Loliondo (em inglês)
http://lib.ohchr.org/HRBodies/UPR/Documents/session12/TZ/STP-SocietyThreatenedPeople-eng.pdf

FEMACT: Relatório feito por 16 pesquisadores de direitos humanos e pela mídia sobre a violência em Loliondo (em inglês)
http://www.pambazuka.org/en/category/advocacy/58956/print



 

Friday, April 05, 2013

Hummm... vamos ver! :-)

Os mapas dos momentos de anúncio da escolha de Bento XVI, em 2005, e de Francisco, em 2013, sinalizam as profundas diferenças entre os dois Papas na condução da comunidade católica. Vem aí uma Igreja mais despojada e mais próxima do Cristianismo original?
...

(http://www.constelar.com.br/constelar/178_abril13/bento-e-francisco.php)




De fato, a escolha do nome de um Papa pode ter a significância de uma encíclica. Três dias antes da eleição daquele que viria a se chamar Francisco, comentei no Facebook o quanto seria notável – e escandaloso – que o novo Papa escolhesse “Francisco” como novo nome. Título que, vale lembrar, jamais havia sido escolhido por nenhum outro Sumo Pontífice. Quando um Papa escolhe um nome, ele diz a que veio. E, ao escolher homenagear este que é um dos mais queridos personagens da história do cristianismo – Francisco de Assis –, o novo Papa anuncia um reinado voltado para os pobres, recusando ostentações, voltado para as causas ambientais (Francisco de Assis, vale dizer, era por demais ligado à natureza e aos animais) e aberto ao diálogo inter-religioso (não apenas Francisco de Assis era aberto a este tipo de diálogo, como sua cidade de nascimento – Assis, na Itália – é palco de sérios encontros ecumênicos).
...

(http://www.constelar.com.br/constelar/178_abril13/papa-francisco.php)

Friday, March 29, 2013

Pressionando um pouco mais -por uma boa causa!

 

Incrível! Mais de 1 milhão de assinaturas em poucos dias e o governo das Maldivas já está sentindo a pressão -- compartilhe este email com todos e ajude-nos a ultrapassar 2 milhões de assinaturas. Caros amigos,

É difícil de acreditar, mas uma sobrevivente de estupro de 15 anos de idade, nas Maldivas, foi sentenciada a 100 chicotadas em público! Vamos dar um fim a essa loucura e atingir o governo no seu ponto mais sensível: a indústria do turismo.

O padrasto da garota é acusado de matar o bebê que ela trazia em seu ventre. Agora, um tribunal afirmou que ela deve ser açoitada por "fazer sexo fora do casamento" com outro homem que nem mesmo foi identificado! O presidente das Maldivas, Waheed Hassan, já está sentindo a pressão de todos os cantos do mundo, mas podemos forçá-lo a salvar essa garota e mudar essa lei para poupar outras vítimas de um destino cruel. É assim que poderemos acabar com a Guerra contra as Mulheres: nos mobilizando todas as vezes em que algo revoltante assim acontecer.

O turismo é uma grande fonte de renda para a elite das Maldivas, incluindo ministros do governo. Vamos construir uma petição com milhões de assinaturas para o presidente Waheed essa semana, e então ameaçar a reputação das ilhas Maldivas por meio de anúncios publicitários em revistas de viagens e em websites, até que ele dê um passo adiante para salvar essa garota e abolir essa lei revoltante. Assine e encaminhe esse email agora:
http://www.avaaz.org/po/maldives_global/?bSmRfbb&v=23543

As Maldivas são um paraíso para os turistas. Mas não é sempre assim para as mulheres de lá. Existem países com interpretações ainda mais duras da sharia, a lei islâmica, mas nas Maldivas as mulheres de todas as idades podem ser açoitadas em público se forem condenadas por sexo fora do casamento ou adultério. A "fornicação" antes do casamento é ilegal, mas apesar de sempre envolver um homem e uma mulher, 90% dos que são punidos são mulheres! E, ao mesmo tempo em que estatísticas vertiginosas afirmam que 1 a cada 3 mulheres entre 15 e 49 anos já sofreram agressões físicas ou abuso sexual, nenhum estuprador foi condenado nos últimos três anos. Vencer essa batalha pode ajudar as mulheres em todos os lugares do mundo, pois o governo das Maldivas está, nesse exato momento, concorrendo a um cargo de direitos humanos na ONU em uma plataforma sobre os direitos das mulheres! As Maldivas estão no caminho para construir a democracia e querem ser um 'modelo de democracia islâmica'. O presidente já pediu ao Procurador-Geral para apelar da sentença no caso da jovem de 15 anos. Mas isso não é suficiente. Os extremistas do país forçarão o presidente a abandonar outras reformas se a atenção da comunidade internacional se dissipar. Vamos dizer às Maldivas que o país está prestes a perder a reputação de destino turístico romântico, a menos que tomem medidas rápidas para assegurar os direitos humanos universais e os direitos das mulheres. Se uma quantidade suficiente de nós levantarmos nossas vozes, poderemos fazer com que o presidente Waheed e seus parlamentares se oponham aos extremistas. O presidente já tem sofrido pressão por medidas concretas em torno dessa história vergonhosa e trágica -- vamos aproveitar esse momento para prevenir mais injustiças contra as jovens garotas e mulheres. Assine a petição e, em seguida, envie esse email para todos: http://www.avaaz.org/po/maldives_global/?bSmRfbb&v=23543

Quando certos casos extremos chamam a atenção da opinião pública global é super importante nos pronunciarmos, não importa se trata-se dos EUA, da Índia ou das Maldivas. Os membros da Avaaz já lutaram muitas batalhas se opondo à guerra global contra as mulheres. No Afeganistão, ajudamos a proteger jovens mulheres que corajosamente se pronunciaram em público contra o estupro; em Honduras, lutamos com mulheres locais contra uma lei que colocaria mulheres na cadeia pelo uso da pílula do dia seguinte. Agora chegou o momento de apoiarmos as mulheres das Maldivas.

Com esperança e determinação,

Jeremy, Mary, Alex, Nick, Ricken, Laura, Michelle e toda a equipe da Avaaz

Mais informações:

Garota estuprada nas Maldivas é condenada a 100 chibatadas (BBC)
http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2013/02/130226_maldivas_estupro_chibatadas_ol_cc.shtml
Maldives government to appeal flogging of rape victim (Dawn, Pakistan) (em inglês)
http://dawn.com/2013/03/01/maldives-government-to-appeal-flogging-of-rape-victim/

Rape victims punished, failed by Maldives justice system (Minivan news, Maldives) (em inglês)
http://minivannews.com/society/raped-victims-punished-failed-by-law-in-the-maldives-53760

Judicial statistics show 90 percent of those convicted for fornication are female (Minivan news, Maldives) (em inglês)
http://minivannews.com/politics/judicial-statistics-show-90-percent-of-those-convicted-for-fornication-are-female-44605


Apoie a comunidade da Avaaz!
Nós somos totalmente sustentados por doações de indivíduos, não aceitamos financiamento de governos ou empresas. Nossa equipe dedicada garante que até as menores doações sejam bem aproveitadas:

Friday, March 01, 2013

Contra o massacre de elefantes



Assine:



Caros amigos da Avaaz, 

Em toda a África, elefantes estão sendo assassinados por caçadores ilegais em números recorde
 -- e suas presas, arrancadas com serras-elétricas -- para produzir artigos de luxo, estátuas e bugingangas na Ásia. Mas em poucos dias, a Tailândia vai sediar uma importante cúpula sobre tráfico ilegal de espécies ameaçadas, dando-nos uma oportunidade única para acabar com esse massacre sem sentido.

A Tailândia é o maior mercado não-regulamentado de marfim do mundo e um dos maiores impulsionadores do tráfico ilegal. Eles estão sob pressão há anos, no entanto até agora pouco foi feito para restringir o papel do país no ataque aos elefantes. Mas a primeira ministra tailandesa Yingluck Shinawatra acaba de anunciar que está considerando banir completamente o marfim. Foi por isso que iniciamos esta petição global no site da Avaaz, para dar a essa campanha o empurrãozinho final de que ela precisa para ser bem-sucedida.

Esta é a melhor chance que temos em anos para conquistar uma vitória significativa para os elefantes da África -- nós só precisamos exercer pressão popular para isso.Junte-se a mim para acabar com o tráfico ilegal de marfim. Assine esta petição urgente e compartilhe-a com todos os seus amigos:

http://www.avaaz.org/po/save_the_elephants/?bSmRfbb&v=22501

É de partir o coração saber que especialistas utilizam o termo ‘massacre descontrolado’ para descrever a escala na qual a caça ilegal de elefantes vem sendo praticada atualmente -- é a pior em mais de duas décadas. Aproveitando uma lacuna na legislação que permite a venda de marfim dos elefantes tailandeses, bandidos contrabandeiam marfim obtido ilegalmente na África, misturando-o com marfim tailandês para que não se possa distinguir entre um e outro, e conseguem vendê-lo no mercado aberto.

Mas há pressões sérias para que a Tailândia tome uma atitude, antes que a cúpula de dez dias das Nações Unidas sobre espécies ameaçadas comece em Bangkok. Agora é o momento de agirmos parapor um fim ao comércio de marfim tailandês e criar um efeito-dominó em toda a Ásia, forçando outros países a também combater o próprio tráfico ilegal.

Junte-se a mim para aumentar a pressão sobre o governo tailandês e causar sérios danos ao tráfico de marfim. Juntos, podemos vencer. Ajude-me a atingir um milhão de assinaturas antes da reunião com a primeira ministra Shinawatra em alguns dias. Assine e compartilhe com seus amigos e família:

http://www.avaaz.org/po/save_the_elephants/?bSmRfbb&v=22501

Em diversas culturas ao redor do mundo e ao longo da história, elefantes tem sido reverenciados em religiões e capturado a nossa imaginação -- Babar, Dumbo, Ganesh, Airavata, Erawan. Que essas criaturas belas e extremamente inteligentes estejam sendo aniquiladas é uma tragédia, mas nós podemos corrigir esse erro.

Com esperança e determinação,

Leonardo DiCaprio, com a equipe da Avaaz


MAIS INFORMAÇÕES 

Na véspera de Conferência, a Tailândia é pressionada a parar o comércio de marfim (NY Times)
http://green.blogs.nytimes.com/2013/02/27/on-conferences-eve-thailand-is-pressed-to-halt-ivory-trade/
Comerciantes de marfim se encontram para evitar sanções (The Nation)
http://www.nationmultimedia.com/national/Ivory-traders-meet-to-head-off-sanctions-30200607.html

Leonardo DiCaprio: Ator exige banimento do comércio de marfim na Tailândia (The Washington Times)
http://www.washingtontimes.com/news/2013/feb/19/leonardo-dicaprio-actor-calls-ivory-trade-ban-thai/
Ativistas querem sanções contra a Tailândia por comércio de marfim, outros (Global Post)
http://www.globalpost.com/dispatch/news/afp/130221/activists-want-ivory-sanctions-thailand-others 

DiCaprio causa impacto nas vendas de marfim tailandesas (Bangkok Post)
http://www.bangkokpost.com/news/local/336741/dicaprio-blasts-thai-ivory-sales 




Thursday, February 28, 2013

mais livros...




Quem escreveu:



documentação em ambiente de ciência e laboratório de um tema particularmente nebuloso...

é muito interessante.


Tuesday, February 26, 2013

Pela educação -contra o trabalho infantil






O Parlamento indiano está encerrando 2012 sem haver votado a lei de combate ao trabalho infantil mais dura de sua história. Pior: o projeto de lei conta com o apoio da maioria dos parlamentares, mas ficou encalhado por semanas porque eles não a consideraram como 'prioridade'! 

A Índia é a capital do trabalho infantil -- crianças a partir de cinco anos são vendidas a traficantes e forçadas a trabalhar como escravos dos dias modernos, sofrendo abusos e agressões físicas. Histórico, o novo projeto de lei iria banir completamente qualquer tipo de trabalho realizado por crianças com menos de 14 anos e proporcionar auxílios financeiros para famílias pobres, para que elas mantenham seus filhos na escola. Mas os parlamentares permitiram que o projeto de lei escorregasse de suas agendas, e grupos indianos de defesa dos direitos da criança afirmam que necessitam urgentemente da nossa ajuda, agora, para aumentar a pressão pública

Se a comunidade da Avaaz se unir em torno da causa, podemos gerar uma onda de atenção para o projeto de lei e levar os parlamentares a votá-lo. Assine esta petição urgente e compartilhe com todos que você conhece -- quando chegarmos a um milhão de assinaturas, transmitiremos nossa mensagem ao Parlamento, juntamente com ex-trabalhadores infantis.


Monday, February 18, 2013

Meditação para crianças



Uma delicia!

E vale ler o livro da Isabel Leal, cheio de belíssimas ideias... 
(também para os adultos):


*





Saturday, February 09, 2013

"Quem tem medo do lobo mau?"




A história do Capuchinho Vermelho (devidamente actualizada...) a intercalar crónicas da autora sobre os mais variados assuntos
 
Fiquei a recordar alguns temas em especial. 
Destaque para o sempre deplorável bullying (na escola) e o estranho -para mim um autentico mistério... rss, mas habitual hábito de algumas mulheres se encararem como inimigas a excluir nos relacionamentos sociais.

Vale a pena ler, aborda temas que se colocam diariamente nem sempre fáceis de lidar, e sem perder a leveza.



«Conte a si mesmo a história do Capuchinho Vermelho. Dê-lhe as cores e os tons dos tempos modernos, sob o fundo do conto tradicional que já ouviu mil vezes, e vai perceber por que é que desde tempos imemoriais os pais a recitam aos filhos, parando mais aqui («Segue o carreirinho e não te desvies para a floresta») ou mais ali («Avózinha, por que é que tem umas orelhas tão grandes?»), conforme a mensagem que querem passar. Ao reler os textos que nos últimos quatro anos escrevi para o 'Destak', sobretudo aqueles que falam de pais e de filhos, dos seus encontros e desencontros, das famílias que se digladiam nos tribunais, das crianças esquecidas em instituições, da saúde mental e da educação, dos preconceitos e dos mitos que nos impedem de ser mais felizes, percebi que são momentos que todos os capuchinhos vermelhos do mundo vão ter, um dia, de enfrentar. E que para conseguirem chegar a casa seguros, precisam de pais mais assertivos do que foi a mãe do Capuchinho Vermelho, mais capazes de os ensinar a fazer escolhas, a reconhecer e enfrentar o lobo mau, a crescer em autonomia e coragem. Tive, por tudo isto, a veleidade de acreditar que estavam interessados em ler estes textos na forma pausada que só um livro permite, como quem atravessa a floresta, parando aqui e ali. Na esperança, afinal, de que o meu caminho se cruze com o seu.» 



Monday, February 04, 2013

no Caminho...





Entretanto, o mundo esta cheio de contrastes na comprensao das coisas vitais -e disso devereis estar conscientes. Nao vos podeis iludir nem esquecer: incontaveis seres humanos encontram-se em degraus de evoluçao muito primitivos e e longa acaminhada que terao de fazer ate atingirem patamares de relativa maturidade psicologica. De facto existem ainda enormes multidoes de consciencia incipiente, que se movem no lusco-fusco da gregaridade das suas (in)consciencias coletivas. Nessa condiçao, elas sao impulsionadas pelas invisiveis mares de astralismo, permanecendo cegas e surdas para o conhecimento mais alto e mais nobre e para os impulsos mais subtis. Passaam ainda pela cinzenta fase da apatia, do nao fazer bem nem mal. Em seguida despontara um largo reinado de egoismo, crescentemente mais intelectualizado a par da tendencia para o deprezo por qualque forma de religiosidade ou espiritualidade.

Depois vem a etapa do primeiro esboço de busca interior, salpicado pela emoçao do desvelar de"segredos" e pela excitacao do enfrentar das questoes do "insolito".

Posteriormente, havera que passar pelo pantano da duvida e da estagnaçao; mais tarde ainda, sera necessario cruzar o grande deserto, povoado pelos escorpioes da presunçao... Como se evitara o contagio na sufocante atmosfera das miragens da egolatria?

in: O Setimo Circulo - A Coroa da Liberdade (C.L.U.C.)



* Livro dedicado "aqueles que anseiam por um mundo melhor e ja o fazem nascer dentro de si" *