Saturday, July 30, 2011

"Salve os desaparecidos da Síria!"


"O filho de Muntaha, de 16 anos, foi raptado pelas forças de segurança da Síria ao participar de um protesto pacífico pela democracia. Ela passou as últimas oito semanas esquadrinhando o país à procura do filho, enfrentando com coragem avisos do regime sírio de que o outro filho dela logo também “desapareceria” se ela continuasse com a busca. Nossa mobilização urgente agora poderá ajudar o filho de Muntaha e os outros milhares de desaparecidos sírios.

Desde março, quase 3.000 pessoas foram levadas pelas forças do regime e “desapareceram” em prisões secretas. A comunidade internacional já denunciou o caso, mas pouco fez para acabar com esse ataque. Porém, a Índia, o Brasil e a África do Sul têm laços estreitos com os sírios e podem pressionar pelo envio de uma delegação internacional de direitos humanos para encontrar os desaparecidos e permitir que eles voltem para suas famílias.

Nossa gigantesca comunidade global de membros tem o poder deforçar as principais lideranças mundiais a agir agora, pressionando a Síria a permitir a entrada de uma delegação internacional que investigue os milhares de desaparecimentos.Assine a petição! Ela será entregue por veículos da mídia de grande destaque em todo o mundo, inclusive o Times of India, the Guardian, CNN, El País e Der Spiegel."

O Egito e a Tunísia mostraram que a força popular pode vencer a opressão. Nossa comunidade global tem apoiado essas revoluções democráticas, ajudado a divulgar as histórias dos corajosos ativistas e expor a violência que está sendo cometida contra eles e forçado os governos de nossos países a tomar medidas. Agora, se nos mobilizarmos, poderemos ajudar a encontrar os milhares de sírios desaparecidos e testemunhar o nascimento da Síria como nação pacífica e democrática.

Com esperança e determinação,

Stephanie, Sam, Wissam, Maria Paz, Rewan, Benjamin, Pascal e toda a equipe da Avaaz

Mais informações:


Quase três mil desaparecidos desde o início dos protestos (Angola Press)
http://www.portalangop.co.ao/motix/pt_pt/noticias/internacional/2011/6/30/Quase-tres-mil-desaparecidos-desde-inicio-dos-protestos,d62134bb-26d1-42f6-9c4d-1d18779bb198.html

Ativistas sírios relatam perseguição e medo na fronteira turca (Terra)
http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI5225276-EI17594,00-Ativistas+sirios+relatam+perseguicao+e+medo+na+fronteira+turca.html

Menino morto se torna símbolo para manifestantes na Síria (Bom Dia Jundiaí)
http://www.bomdiajundiai.com.br/noticias/dia-a-dia/55541/menino+morto+se+torna+simbolo+para+manifestantes+na+siria

Protestos deixam pelo menos 14 mortos na Síria (UOL Notícias)
http://noticias.uol.com.br/bbc/2011/07/08/protestos-deixam-pelo-menos-14-mortos-na-siria.jhtm

Vídeo amador mostra morte de cinegrafista na Síria (Videolog)
http://www.videolog.com.br/heliocjr/videos/674151

Protestos contra governo sírio aumentam número de mortos (Correio do Brasil)
http://correiodobrasil.com.br/protestos-contra-governo-sirio-aumentam-numero-de-mortos/273135/

Protestos de sexta-feira na Síria deixaram pelo menos 24 mortos (Exame)
http://exame.abril.com.br/economia/mundo/noticias/protestos-de-sexta-feira-na-siria-deixaram-pelo-menos-24-mortos

Thursday, July 28, 2011

não são fantásticos?!



alta performance artística e elevado profissionalismo
-sem jaulas, nem chicotes, nem animais!




encontrei este interessante post sobre os bastidores do circo

Wednesday, July 27, 2011

Pela igualdade na diferença


São pessoas das mais variadas profissões, idades, condições sociais, etc. Mas todas tem algo em comum que é o amor aos animais. 
Observando-se pelo Jornal Defesa dos Animais, que agora constituem a maioria de nossos ouvintes, uns 70%  são do Brasil e uns 20% de Portugal. Outros 10% fica por conta de pessoas de língua espanhola a maioria da América Latina. Há também alguns dos Estados Unidos e da Europa em geral. 
Essas pessoas constituem no mundo uma nova classe, a classe dos sonhadores. Pessoas que sonham com o dia em que este planeta não seja dos egoístas e dominadores, mas de todas as criaturas viventes. 
sugestão
veja -e ouça, o conteúdo dos programas:
(a RDA esta associada ao jornalanimais.blogspot.com/)

#    #    #

Quase toda a gente sabe que Moby ou Seal praticam um dos mais altos graus de protecção animal sendo vegetarianos, mas sabia que Montserrat Caballe e Belinda Carlisle tambem são vegetarianas?!


confira a lista...

Tuesday, July 26, 2011

Muito Importante! Pratique. Divulgue.



divulgue o mais possivel!
Pode ajudar a salvar vidas.

o texto abaixo é daqui



*

Não deixe crianças e animais dentro de carros, nem por uns minutos

Um carro quente é igual a um forno quente!

Os “poucos minutos” que demora a ir ao multibanco ou a beber um café rápido
podem custar a vida do seu filho ou do seu animal de estimação.
Bastam dez minutos para a temperatura dentro de um carro
ser de mais 15 graus do que no exterior,
ou seja, num dia de 25 graus, o carro terá 40 graus.


Um carro capta e condensa o calor do sol. Mesmo à sombra, a temperatura dentro do automóvel pode ser de mais 10º ou 15º do que a do exterior. Isso significa que se fora do carro estiverem 22º, o que não é um calor excessivo, dentro do automóvel a temperatura pode chegar aos 32º, 37º ou mais, uma temperatura potencialmente mortal para uma criança ou um animal que seja deixado dentro do carro.

Manter frestas das janelas abertas não adianta nada e em nada interfere com as elevadas temperaturas que se concentram dentro da viatura. Deixar uma criança ou animal dentro de um carro, mesmo que seja apenas “por um minuto”, pode significar a sua morte.

Um estudo feito pelo Animal Protection Institute (Instituto de Protecção Animal) comparou a temperatura exterior de uma zona com sombra com a temperatura do interior do automóvel. O estudo contemplou todas as janelas fechadas, quatro janelas com frestas abertas e duas janelas com frestas abertas. Às nove horas da manhã, com uma temperatura exterior de perto de 28 graus, o calor dentro do carro ultrapassou os 42 graus centígrados. Mesmo com quatro janelas com frestas abertas a temperatura ultrapassou os 36 graus. Diversos estudos demonstram que deixar as frestas das janelas abertas tem muito pouco efeito na temperatura interna do carro.

Os cães são particularmente vulneráveis a doenças relacionadas com o calor, porque a única forma de arrefecerem o seu corpo é através da respiração (por isso começam a arfar quanto sentem calor) e das almofadas das patas. Os animais não têm a capacidade de transpirar para regular a temperatura corporal. Além disso, a temperatura corporal normal de um cão é mais elevada do que a de um ser humano, tornando-o ainda mais susceptível ao calor.


No caso das crianças, a sua resistência ao calor é muito inferior à de um adulto, porque a sua temperatura interna eleva-se entre 3 a 5 vezes mais depressa do que a de um adulto.

Os carros fechados aquecem rapidamente. Mesmo em dias aparentemente frescos, um carro fechado pode ser mortal. Um estudo da Universidade Stanford revelou que quando estavam 22 graus no exterior, a temperatura interior de um carro subia até ultrapassar os 46 graus em apenas uma hora. Outro estudo, feito pela Universidade de São Francisco, indica que quando a temperatura exterior é de 26,6 graus Celsius, dentro do carro sobe até aos 37º em 10 minutos e chega aos 42 graus em apenas 20 minutos.

A temperatura corporal normal para um cão está entre os 38 e os 39 graus. Um cão só consegue suportar uma temperatura corporal elevada durante muito pouco tempo, alguns minutos, antes de começar a ter danos nos nervos e sistema nervoso, problemas de coração, danos no fígado e no cérebro e até a morte.

O golpe de calor é uma situação que necessita de intervenção médica imediata e pode conduzir em pouco tempo à morte do animal. Todos os anos morrem várias centenas de cães deixados “só por um minuto” dentro de carros.

Pense no que sente quando vai beber café ou vai num instante ao supermercado e volta a entrar no seu carro: um calor sufocante, e os bancos, volante, tablier e manete de mudanças a arder. Agora, imagine que o seu cão ficou dentro do carro…

Se vir alguém deixar uma criança ou um animal dentro do carro, avise essa pessoa sobre o perigo. Um minuto apenas pode significar a morte de uma criança ou de um animal.

Alerte os seus amigos sobre o perigo de deixar animais dentro de automóveis.


podemos fazer a diferença e salvar uma vida.


Imprima e coloque no seu carro o aviso 
 “Um forno quente ou um carro quente… é a mesma coisa"   



Sensibilize. Ensine
                          

Saturday, July 23, 2011

A astrossismologia e o terremoto de Áquila

(Áquila era das mais preservadas cidades medievais italianas. A fortaleza Rocca Calascio serviu de fortaleza para dois sucessos do cinema, O Feitiço de Áquila e O Nome da Rosa)


na constelar deste mês, uma interessante teoria em estudo sistemático...


* * * 

O terremoto que atingiu a região de Áquila, cidade medieval da Itália, às 3h32, de 6 de abril de 2009, com intensidade de 6,3 graus na Escala Richter, causou mais de duzentas mortes, milhares de feridos, desabrigados e grande destruição, inclusive do patrimônio histórico e cultural da cidade. O tremor foi sentido em Roma, que fica a 95 quilômetros de distância.



Astrossismologia

Princípios admitidos(*): os fenômenos sismológicos que ocorrem em determinada região geográfica se correlacionam com os Ingressos de Marte e da Lua emCapricórnio (calculados para essa região) e com os Arcanos Maiores 16 18.Isso, porque Marte e o Arcano 16 permitem associações com forças destrutivas, a Lua e o Arcano 18 permitem associações com movimentos da superfície terrestre, e por ser Capricórnio o signo Cardeal de Terra, regido por Saturno – planeta associado a rochas, placas tectônicas, restrições e sofrimentos.

- Como foi feito em estudos anteriores, são consideradas as profecções na carta de ingresso de Marte em Capricórnio, ligadas ao Arcano 16, e as profecções na carta de ingresso da Lua em Capricórnio, ligadas ao Arcano 18. Também são considerados trânsitos, principalmente sobre as posições da carta de ingresso de Marte. Cartas, todas, com domificação Regiomontanus.


(...mais...)

Thursday, July 21, 2011

crescer bem e feliz...


Tippi nasceu em Nairobi, África, em 1990

Filha de cineastas e fotógrafos de vida selvagem, está habituada a conviver -muito bem, com toda a espécie de animais!





Tippi no youtube... vejam! 

;-)





aqui, tem muitas fotos espectaculares!


Monday, July 18, 2011

Sunday, July 17, 2011

sugestões de leitura

-sempre informativo e irónico !   :)

Para quem gosta de ler na área de temas sobre espiritualidade, tem agora online o primeiro capítulo de um livro de Franz Bardon



Com direito a comentários... :-)

*
*tambem aqui se fala de Franz Bardon*

Friday, July 15, 2011

a natureza do escorpião e o livre arbítrio...


Somos realmente auto-determinados?... 
ou somos escravos de múltiplas influencias,desde genéticas a experiências marcantes,etc? 


(a cuja amálgama talvez nos possamos referir como a natureza de alguém)


Onde começa e acaba a nossa liberdade? 


ou quem fala mais alto é a nossa natureza?!...

E essa natureza, é moldável, manipulável, educável?

*

A fábula sobre o escorpião e o sapo é bem conhecida, mas a mensagem transmitida é de que somos talhados para agir dessa ou daquela maneira em função de nossa própria constituição natural ou social. De acordo com a narrativa, não adianta lutar contra nossa própria natureza. Cabe, entretanto, a pergunta se realmente somos determinados pelo meio e até que ponto nos prejudicamos quando cedemos aos nossos impulsos.
A estória começa com uma inundação na qual o escorpião, inimigo natural do sapo, fica ilhado. Defrontando-se com a própria morte, o escorpião resolve pedir ajuda ao anfíbio que passa nadando à sua frente. “Estou ilhado e vou morrer, leve-me em suas costas até um local seguro”, disse o artrópode venenoso.
Em resposta ao pedido, o sapo retruca dizendo que não queria ser ferrado mortalmente. Mas seu inimigo o convence apelando para sua compaixão e justificando que jamais feriria seu salvador porque, se assim o fizesse, morreriam os dois.
Cedendo ao pedido, enquanto levava o escorpião às suas costas no meio da travessia, sentiu o sapo uma ferroada e já desfalecendo olhou para seu carrasco e perguntou o porquê. “É minha natureza… “, responde o escorpião já se afogando também.
Na interpretação tradicional, nesse momento aprendemos a “valiosa lição” de que não é possível lutar contra nossa natureza. Na verdade, podemos até mesmo prever o comportamento dos outros se conhecermos sua natureza íntima. Afinal, uma macieira só pode dar maçãs e não se pode esperar que dê pêssegos ou melancias.
Será que é assim mesmo? Que não podemos lutar contra nossa “natureza” e estamos fadados a agir de maneira robotizada? Somos realmente predestinados e temos tudo já traçado por nosso karma?
Acredito que não.
Acontece que o ser humano não é restrito em seu comportamento do mesmo modo como a macieira que só sabe dar maçãs ou outras formas de vida menos complexas. Temos um poder de decisão e a capacidade de realizar escolhas. Ainda que não possamos falar em ação livre de qualquer determinação, sentimos que, em alguma medida, temos o que se chama livre-arbítrio.
De fato, a idéia de liberdade sugere que somos aptos a impor nossa vontade por sobre os ditames dos impulsos naturais. Não apenas isso, podemos ainda dizer que ter a capacidade de escolher se vamos concordar, negar, transformar, ignorar ou atender aos nossos instintos é a base para respondermos por nossos atos, ou seja, de termos responsabilidade.
Todos sabemos que nossos impulsos podem seguir, às vezes, na contramão da direção da razão e até se confrontar com os interesses do bem coletivo. Por isso temos as leis que regulam nosso comportamento e os sistemas punitivos em caso de desobediência. Contudo, as leis morais e sociais não existem apenas como proibição para certas condutas, mas também como afirmação da liberdade que temos até mesmo para transgredir e pagar a pena por isso.
Sabendo que não somos pré-destinados como o escorpião da anedota, fico pensando como a competição no ambiente de trabalho pode replicar a estória em seu lado mais nefasto. Muitas pessoas competem com seus colaboradores imaginando que precisam estar sobre as costas dos outros e não percebem que a cooperação é muito mais eficiente para a natureza humana que as estratégias de destruir o outro. O resultado da competição excessiva é que incapacitamos aqueles que deveriam estar lado a lado conosco, ajudando-nos a construir algo maior para o benefício coletivo. Mas como não suportamos ser apenas mais um, tornamo-nos escorpiões e garantimos o próprio naufrágio, desde que continuemos como os capitães do navio.
No mundo atual, se queremos sobreviver, precisamos reconhecer e, acima de tudo, valorizar as diferenças. Necessitamos dar espaço para que o outro compartilhe conosco suas habilidades e competências e devemos também dar algo em troca. A cooperação é a chave do sucesso ou talvez uma das metas que pessoas bem-sucedidas alcançam.


(a imagem e o texto a itálico: daqui)
*site com muito artigo interessante para ler...*

Sunday, July 10, 2011

sentir...



sou
sinto
faço
amo
crio
sei 
conecto

sob cada titulo um mundo de artigos, partilhas, sugestões...

ai: 





*

Perceber por meio de qualquer um dos sentidos. 



Ter ou experimentar um sentimento, uma emoção. 

Pressentir.


Friday, July 08, 2011

Suficiente é suficiente?



Queridos amigos, 

Presidente do Sudão, al-Bashir, indiciado por anos de genocídio e assassinato em massa, desencadeou mais um ataque brutal contra seu próprio povo, chovem bombas sobre aldeias e milícias vão de porta em porta para assassinar famílias . 
...
O Presidente do Sudão, al-Bashir é o pior assassino em massa do mundo. Indiciado pelo Tribunal Penal Internacional por genocídio, ele tem por 20 anos repetidamente massacrado comunidades inteiras que desafiam o seu governo. 

E isso está acontecendo novamente - a não ser que consigamos detê-lo. 

Agora ele está bombardeando mulheres e crianças nas montanhas Nuba, enquanto suas milícias vão de porta em porta cortar as gargantas de famílias inteiras. Durante décadas, os líderes mundiais têm permitido vergonhosamente a brutalidade indescritível de al-Bashir, para que pudessem manter o acesso às reservas de petróleo do seu regime geral. 

Mas esta semana as coisas estão mudando - O Sudão é divisão à parte, a inflação e os preços dos alimentos estão subindo rapidamente, e a aderência a Bashir no poder está no seu nível mais fraco de sempre. 

Vamos enviar uma mensagem maciça aos nossos líderes que bastante é bastante e procurar que eles acabam com sua inacção chocante agora:  prender esse monstro
...
 e comprometer-se a proteger o povo do Sudão de genocídio. 

Clique abaixo para assinar e divulgar

 - nós vamos entregar a petição para os membros do Conselho de Segurança da ONU quando alcançamos 300 mil assinaturas:


As montanhas Nuba estão sob cerco. Milícias de Al-Bashir mataram uma geração inteira de homens, mulheres e crianças lá na década de 1990, e agora ele está de volta a brutalizar os sobreviventes. Mas em poucos dias, o Sul do Sudão vai finalmente tornar-se independente, levando consigo grande parte do petróleo que al-Bashir usa para comprar a cumplicidade internacional com seus crimes. 

Bashir também está enfrentando protestos pró-democracia, a economia piora, e as relações tensas com China. Esta é a nossa melhor chance em décadas para organizar a acção internacional que é preciso para pôr fim ao governo brutal al-Bashir. 

Fortes sanções internacionais, um plano mundial concertado para prender al-Bashir e outros indiciados pelo Tribunal Penal Internacional, e um compromisso para proteger o povo sudanês de crimes contra a humanidade mandariam a al-Bashir um sinal de que o jogo é para cima, enfraqueceria a sua posição no seu próprio regime, e mostraria ao povo sudanês que ele, o ditador, não tem mais a impunidade dos seus crimes. Os sudaneses - no Sul, no Darfur, em Nuba, e muitos outros lugares - já esperaram tempo demais para o mundo  defender a humanidade e justiça, vamos ficar com eles agora: 


É quase impossível imaginar o desespero e terror das mulheres e crianças em Nuba agora, 
...
É uma grande mancha na consciência do mundo inteiro, não termos feito o que era necessário para parar reinado al-Bashir de terror. 

Vamos acabar com esse reinado, agora, com um protesto em massa para pressionar os governos a agir. 

Com esperança, 
Ricken, Stephanie, Nicola, Alice, Morgan, Rewano e o resto da equipe Avaaz

Tuesday, July 05, 2011

uma mão-cheia de notícias





Quando as pessoa se zangam... sobra para os animais!


Apesar de não serem tidos nem achados para nada, a pior parte esta sempre garantida para eles.


Nos recentes protestos sociais e políticos no Egito:


Animais morrem de fome por causa de protestos no Egito 

(clik no título acima)


Outras noticias a destacar:


A Holanda enfrenta uma questão fundamental para toda a Humanidade


(A questão é: que vale mais? O humanismo ou as tradições religiosas?)


#


O Movimento de Direitos Animais passa por um momento crucial. É urgente que nos manifestemos sobre esse caso.  No dia 22 de junho passado, 12 ativistas pelos direitos animais foram presos na Espanha, acusados injustamente. Três deles ainda estão presos, e os outros nove estão sob liberdade condicional.  Os ativistas pertencem às organizações Equanimal e Igualdad Animal, que sempre se caracterizaram por ações de educação pacífica. Os ativistas são acusados, inclusive, de terrorismo, numa completa distorção de suas atividades.
Esse caso faz parte de uma estratégia de criminalização do Movimento de Direitos Animais. Devemos nos manifestar sobre assunto em apoio aos ativistas presos injustamente, e também em defesa da liberdade de expressão. Silenciar aqueles que fazem críticas às injustiças presentes na sociedade é típico das ditaduras. É a primeira estratégia de quem sabe que as práticas criticadas são injustas. Se existissem bons argumentos a favor do especismo, por que os especistas haveriam de ter medo de debater abertamente suas idéias? A tentativa de reprimir e silenciar é uma prova de que o especismo não possui bons argumentos a seu favor, e que se baseia na lei-do-mais-forte. 
...continua...
#
Deplorável não é?
E onde estão os culpados?!
"Eu temo pela minha espécie quando penso que Deus é justo." - Thomas Jefferson
#
E muito a propósito sobre o ponto anterior, um excelente artigo sobre...
De volta ao Egito,a awol-egypt.org/, conduzida por um casal britânico, procura amenizar um pouco a dura e exploradíssima vida dos animais da região.