Saturday, July 10, 2010

Vida mais ecológica II - "Pode usar cabedal e apregoar que é vegetariana"?

(o livro de Tamsin Blanchard: cheio de ideias alternativas)
*
Portanto voce é uma vegetariana que usa cabedal. Junte-se ao clube. Durante a maior parte da minha vida adulta não comi carne, desde que vi aquele poussin num frigorífico de Sainsbury's. Era tão pequenino e pareceu-me um tal desperdício de vida. E tinha acabado de ver a estranha dança das galinhas no filme de David Linch, o Eraserhead. Assim, foi de um dia para o outro que deixei de comer carne. Mas as malas e sapatos de cabedal sempre foram um tema mais complexo. Não podia deitar fora todos os meus sapatos, assim de repente Para ser sincera, só ultimamente é que comecei a pensar nisso a sério.
*
Depois, dá as dicas veg:
*
Apesar de continuar a comprar sapatos ocasionais de cabedal, acabo por optar pelos que são feitos de tudo menos isso. [...] Tambem possuo birkenstock , de que talvez nem toda a gente goste, mas que duvido que se gastem.
e fala-se de Stella McCartney (*),de Terra Plana; da Beyondskin e da Charmone, pioneiros do calçado sem crueldade.
*
E claro que refere o "encantador site portugues" novacas
*
Seria injusto não nomear tambem vegetarian-shoes.co.uk/ e tinglondon.com
Ficaria surpreendida com a quantidade de vedetas que optam por sapatos sem cabedal em todas as ocasiões, mesmo no tapete vermelho.
Gwyneth Paltrow prefere andar descalça do que usar cabedal mas ser amiga de Stella Mc Cartney ajuda. Natalie Portman adora sapatos de salto alto da Charmone e claro, da Beyond Skin.
[...]
Joaquin Pheonix(*) é um vegan convicto. Até se deu ao trabalho de garantir que as botas de cowboy que usou para representar Jonny Cash não eram de cabedal.
Malas vegan? podem ser encontradas em Matt and Nat ! -mas tem mais no livro.
*
e Tamsin continua:
*
Mesmo que não seja vegetariana, vale a pena considerar alternativas ao cabedal. Tenho pena que não seja o mais ético dos materiais. Cerca de 6 por cento do cabedal é de vaca. Segundo a fonte de sabedoria do conhecimento verde, a www.treehugger.com:
São necessários oito hectares de terra, cinco mil toneladas de pasto, 600 litros de gasolina, e outros derivados do petróleo para fertilizantes, uma tonelada de milho, 160 de soja, 5,4 milhões de toneladas de água e 1,5 hectares de terra (para as colheitas de ração), mais vários insecticidas, herbicidas, antibióticos e hormonas, para criar uma vitela de 250 quilos até ao estado adulto, altura em que é abatida e a pele retirada.
Básicamente a produção de vacas é uma operação imunda e cheia de desperdícios, já para não falar do problema de flatulência. Cada molécula de metano tem vinte e uma vezes o potencial de aquecimento global de uma molécula de CO2!
*
(*) Joaquin Pheonix é quem dá a voz ao filme EARTHLINGS, disponível neste blog no lado direito da página -filmes s/ causa animal.

3 comments:

  1. Olha que engraçada coincidência.
    Ontem à noite fiz o primeiro prato vegetariano comestível, e estou muito orgulhosa de mim mesma por isso (porque não percebo mesmo nada de culinária vegetariana!).

    A primeira experiência que tive foi um ratatouille intragável que fiz há cerca de 8 anos atrás.
    Desisti do assunto. Mas depois retornei. Tenho chateado as amigas vegetarianas com perguntas, e lá me aventurei de novo.

    Desta vez, fiz caril de seitan. E fez sucesso!

    Não planeamos tornar-nos vegetarianos, mas estamos empenhados em reduzir o consumo de carne.

    E nunca tinha pensado na questão dos sapatos de cabedal... isso é o "the next level".

    ReplyDelete
  2. Mas isso são optimas notícias, Hazel!
    =)

    ReplyDelete
  3. Olá, conheça a Horta Pronta Online, a Horta que já vem pronta,

    http://sites.google.com/site/hortaprontaonline/

    Grato, Eliel.

    ReplyDelete