Thursday, August 26, 2004

Tai-chi-chuan



A dinastia Sung (960 - 1279) desenvolveu o Tai-chi, que durante longos anos foi uma herança secreta chinesa, passando de família para família. Externamente, esta arte milenar se manifesta em uma contínua sucessão de movimentos lentos, suaves, sem esforço muscular nem fadiga, regidos pela mente e coordenados pela respiração. Esses movimentos visam equilíbrio, harmonia e vida longa aos seus praticantes.
A base da saúde e da medicina chinesa está diretamente ligada ao fluído harmônico da energia interior chamado chi. Os movimentos do Tai-chi harmonizam e equilibram o fluído do chi, aumentando o poder interior. Quem pratica o Tai-chi, que significa "suprema arte dos punhos", garante que os movimentos proporcionam boa forma física e eliminam o estresse, além de ser muito agradável.
Um antigo provérbio chinês diz: "praticando o Tai-chi a cada dia se adquire a força do lenhador, a flexibilidade de um menino e a mente de um sábio". Há técnicas mais parecidas com as artes marciais e técnicas bem suaves e calmas, baseados nos mesmos movimentos.
Benefícios do Tai-chi
- Sensação de bem-estar e calma interior;
- Estímulo da circulação sanguínea;
- Mente mais lúcida e menos dispersa;
- Trabalha a concentração;
- Desaparecimento de tensões nervosas e do estresse, proporcionando um bom funcionamento glandular;
- Previne várias doenças, como osteoporose, diabetes e outras;
- Aumento da flexibilidade, agilidade e do reflexo;
- Melhora da postura e do tônus muscular;
- A rotação constante da pélvis e o trabalho de vai-vém do diafragma produzem uma massagem contínua sobre o sistema digestivo, melhorando a digestão;
- Trabalha a respiração.
Este texto veio daqui

No comments:

Post a comment