Sunday, January 20, 2008

Gatos & pessoas...

Já lá vai quase um ano, mas a mensagem é válida para todos os dias porque o preconceito está muito longe de ter acabado...

Excluindo alguns comentários inúteis, que atestam o nível de quem os faz, (e não ampliemos a voz dos imbecis, como diz muito bem o genial Millôr Fernandes, alguns comentários têm conteúdos sensatos e até interessantes ao tema: de facto a "sensitiva" deve ser pouco sensível e também pouco informada sobre tradições esotéricas, já que o gato preto tem uma fama mais antiga de guardião do que ser associado à magia negra; eles, -gatos em geral e pretos em particular (e muitos outros seres inocentes) foram associados a essas práticas, estigmatizados e vitimizados essencialmente pela parte aberrativa da igreja católica que se deu ao luxo de queimar pessoas e animais vivos... algo que Jesus certamente jamais faria!

Mas voltando ao assunto, a fama de guardião e defensor (espiritual) é bem mais antiga do que a de ser malévolo... além de que incitar ao abandono de animais é crime:

A Márcia apareceu no programa falando que os gatos pretos são associados ao azar, principalmente os de olhos amarelos, que eram usados na bruxaria" , contou Lamas. "E quando questionada sobre qual atitude as pessoas que têm gatos pretos deveriam tomar, ela disse que deveriam se desfazer deles" daqui

Alem de poderosos defensores dos donos, os gatos também estão associados a outras tradições bem diferentes, quem nunca ouviu falar da sorte que dão a quem os ajuda ou do azar que dá matar um... De serem representantes da absoluta feminilidade e inspiração (feminilidade no seu sentido mais lato, parte humana da percepção elevada, liberdade, criatividade, independência e amorosidade desapegada... extensiva a homens e mulheres!)

Embora eu adore cães e só não tenha nesta altura por limitações de espaço e tempo, o cão quer sempre ser sócio do dono: compartilhar tudo, ser o amigo do peito, fica a chorar se é deixado sozinho... o gato típico -e não psicotizado pelo ser humano, está mais próximo e mais distante... ele vem quando quer, parte quando quer e reserva a sua independência sem se sentir obrigado a justificações... o que não quer dizer que não ame -e muito, ao seu estilo de ...gato! Isto costuma assustar as almas mais temerosas... as que acham que a segurança está no controle dos outros seres e não em deixar fluir em liberdade, também porque muitas vezes não conhecem nem assumem integralmente todas as suas facetas...
*

*
A propósito disso, através de um link que a RosaLeonor publicou travei conhecimento com esta história que fala um pouco disto tudo e com final tão feliz ...
*
(Os Gatos e Eu, segundo de três relatos bons de ler)

Todo o site merece uma visita atenta
*

4 comments:

  1. wickedlizrd2:32:00 pm

    fonix! k gente burra!


    o meu gato preto só me traz sorte!

    ;)

    ReplyDelete
  2. Tambem os meus!!!
    =D

    ReplyDelete
  3. Anonymous8:33:00 pm

    Gente... eu tenho "medo acostumado" desde pequena de gato preto... aliás eu tenho medo de tudo que é bicho... acho muito bonitinho mas não consigo pegar no colo fazer festinha... aí eu lembro qdo eu era pequena meu pai queria que eu segurasse num galo pra tirar foto, foi uma piada... eu não conseguia... rs... minha mãe ja teve uma gatinha preta, com uns rajados alaranjados parecia uma mini tigresa... mas era quase todo preta... eu tenho alergia do pelo, já tive uma pneumonia... mas não sou contra os bichinhos... até incentivo o Theo a tocar neles e tudo, ele adora... Ele diz que é irmão de todos os cães do mundo e que ele tbm é um cão... tem até um fato de dalmata completo, e usa em qualquer dia, mesmo sem ser carnaval... Mas eu sou superticiosa sim, e não passo debaixo de escada, nem na frente do gatinho preto...rs... supertição boba, fazer o quê... eu sou assim... hahahaha... Juliana

    ReplyDelete
  4. tsk, tsk... Juliana!
    :-\
    O teu filhote ainda te vai ensinar umas coisas...
    eu amo todos animais e tenho uma especial admiraçao por gatos sem qualquer distinçao de cor. Sabes que os panterinhas (pretos) são regra geral especialmente carinhosos?!

    ReplyDelete